20.4 C
Osasco
27 de novembro de 2020
Esporte Osasco

Vôlei Osasco-Audax é vice-campeão da Supercopa 2018 e agora foca na Superliga

O Vôlei Osasco-Audax é vice-campeão da Supercopa. Na noite deste sábado (10), no ginásio do Centro de Formação Olímpica (CFO), em Fortaleza, Ceará, o time osasquense fez um bom jogo, venceu o primeiro set, mas foi superado pelo Dentil/Praia Clube por 3 a 1, com parciais 27/29, 25/17, 25/22 e 25/23. O duelo – em partida única – abriu a temporada nacional e colocou frente a frente os atuais campeões da Copa Brasil e da Superliga, Osasco e Praia, respectivamente. Agora, as comandadas de Luizomar focam na Superliga. A estreia será na próxima sexta-feira (16), contra o São Cristóvão Saúde/São Caetano.Ao lado das companheiras, Paula Pequeno lutou muito pela vitória em Fortaleza, mas lembrou que o Vôlei Osasco-Audax é um time em formação e com potencial para evoluir. “Já mostramos que somos uma equipe aguerrida, com jogadores de talento e muita margem para crescer. Ainda pecamos nos detalhes, como nesta Supercopa, e deixamos de aproveitar boas chances em momentos de definição. Precisamos de mais tempo de trabalho para adquirir maior maturidade, mas tenho certeza que vamos conseguir grandes resultados ao longo da temporada”, afirmou a ponteira.

Mari Paraíba fez questão de enaltecer os pontos positivos após uma partida tão disputada. “Já sabíamos da qualidade do Dentil/Praia Clube e, na minha opinião, é uma equipe ainda mais bem estruturada do que a do ano passado, tem mais peças de trocas, e sabíamos que seria um jogo duro. Estamos vindo em um ritmo maçante, mas a nossa equipe está crescendo a cada jogo. A Hooker está voltando e ela foi bem depois de só cinco dias de treinamento. Ainda oscilamos muito durante o jogo, mas não podemos desanimar”, disse a ponteira.

Walewska, Claudinha, Paula Pequeno, Camila Brait e cia. entraram em quadra embaladas pela boa atuação na final do Campeonato Paulista, disputada na segunda-feira (5), em Bauru. Apesar de terem sido superadas por 3 sets a 2, as comandadas de Luizomar apresentaram um vôlei de alto nível, aliando técnica, tática, concentração e garra do primeiro ao último ponto. Em Fortaleza, voltaram a apresentar um vôlei de alto nível, valorizando a conquista do Praia e mostrando o valor da nova equipe montada pelo Osasco Voleibol Clube para a temporada 2018/19.

Vôlei Osasco e Praia Clube reeditaram na Supercopa a final da Copa Brasil do ano passado. Na competição disputada em Lages, Santa Catarina, no início de 2017, a equipe osasquense levou a melhor, conquistando o título com uma vitória por 3 sets a 0. Os dois times voltaram a travar uma série decisiva na semifinal da Superliga. Desta vez, as mineiras levaram a melhor, mas somente na quinta partida de um playoff muito equilibrado e de alto nível técnico.

O jogo – O primeiro set foi recheado de emoções. O Vôlei Osasco correu atrás do placar até Mari Paraíba empatar no 14/14. Angela Leyva, um dos maiores nomes da etapa inicial, atacou para fazer 17/14 e 23/19 a favor das osasquenses. Quando as comandadas de Luizomar chegaram ao set point no 24/22, Luizomar promoveu a estreia da oposta norte-americana Hooker. Porém, o Praia estava no jogo, encostou e empatou no 24/24. A partir daí o equilíbrio voltou, até Nati Martins, no bloqueio, dar números finais com 29/27 para Osasco.

O Praia Clube voltou forte para o segundo set e comandou o placar desde o início. Osasco se manteve na cola e segurou a diferença em um ponto, quando Mari Paraíba atacou no 10/9 a favor do adversário. Hooker voltou a quadra quando o Praia abriu cinco pontos (15/20), mas não conseguiu ajudar a recolocar o time de Osasco no ritmo para buscar a reação. Com isso, a equipe de Uberlândia fechou o set em 25/17.

O bloqueio duplo de Natasha e Hooker barrou o ataque do Praia e manteve Osasco vivo no terceiro set, baixando a vantagem das mineiras para um ponto (23/22). Essa foi a tônica da parcial, com as comandadas de Luizomar lutando pela vitória. Começaram atrás até Leyva, com um ace, empatar no 6/6. Na sequência, Lorenne colocou Osasco na frente pela primeira e única vez no set, no 7/6. Na sequência, o Dentil voltou a comandar o placar, mas sempre com as osasquenses na cola, já com Paula Pequeno em quadra. No final, mesmo com o bloqueio matador de Hooker e Natasha no 23/22, o Praia fechou por 25/22 e virou o jogo em Fortaleza.

O quarto set foi equilibrado e tenso. Precisando vencer para se manter vivo, Osasco partiu para cima. Mari mostrou oportunismo no 9/9 e Hooker colocou as osasquenses à frente no 10/9. Com Paula Pequeno comandando o time em quadra e fazendo até ponto direto de defesa, o time de Luizomar chegou a abrir quatro pontos (17/13). Mas o jogo era duro e o Praia empatou no 21/21 para assumir a ponta no placar. E mesmo com mais dois pontos de ataque de Paula, as mineiras venceram a parcial por 25/23 e a partida por 3 sets a 1.

Superliga – O Vôlei Osasco-Audax estreia na Superliga 2018/19 na próxima sexta-feira (16), contra o São Cristóvão Saúde/São Caetano. A partida será no ginásio Lauro Gomes, casa do adversário, às 20h. A estreia no José Liberatti, diante da fanática torcida osasquense, será dia 20 de novembro, em uma reedição da final do Campeonato Paulista. As comandadas de Luizomar recebem o Sesi Bauru a partir das 20h, com transmissão do Sporv 2.

Time para a temporada 2018/19 – Atual hexacampeão Paulista e tricampeão da Copa Brasil – títulos conquistados na temporada passada – o Vôlei Osasco-Audax reformulou seu elenco. Reuniu três campeãs olímpicas – Paula Pequeno, Walewska e Carol Albuquerque -, além de contar com atletas que estavam defendendo a Seleção Brasileira – Claudinha e Lorenne – e jogadoras que já defenderam seu país em competições internacionais – Mari Paraíba, Camila Brait e a norte-americana Hooker. Também tem no grupo as centrais Natasha, Nati Martins e as ponteiras Angela Leyva e Domingas. A equipe osasquense investe ainda na nova geração do esporte. Renovou os contratos da líbero Kika e da levantadora Gabriela Zeni e trouxe a ponteira Vivi e a central Mayara.

Fonte: ZDL Sports

Posts Relacionados

Osasco será sede do maior evento de patinação infantil do Brasil

Alessandro Belcorso

Prefeitura regulariza 144 lotes no Santa Maria

Redação

Parabéns a Osasco terá bolo, hasteamento de bandeiras e exposição de fotos no Calçadão

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO