17 C
Osasco
21 de setembro de 2021
Esporte Osasco

Vôlei Osasco-Audax é derrotado pelo Dentil/Praia Clube na Superliga

O Vôlei Osasco-Audax foi a Minas Gerais e acabou superado pelo Dentil/Praia Clube. A equipe de Uberlândia, vice-líder da Superliga Cimed, ganhou por 3 sets a 1, com parciais de 25/23, 25/16, 25/27 e 25/16, na noite desta terça-feira (26), na Arena Praia. Agora, a Walewska, Hooker, Mari Paraíba, Camila Brait e cia. só voltam à quadra pela competição nacional após o Carnaval, quando enfrentam o Curitiba Vôlei na sexta-feira (8/3), no ginásio José Liberatti.

 

|Foto: Praia Clube / DivulgaçãoEquipe de Hooker, Walewska, Mari Paraíba, Camila Brait e cia. não conseguiu passar pelo vice-líder da Superliga Cimed, que ganhou por 3 sets a 1

 

Para a oposta Hooker, não era dia de Osasco. “Nosso time entrou em quadra confiante após a boa vitória no clássico contra o Sesc-RJ (3 sets a 2) na semana passada. Porém, as coisas não deram certo aqui em Uberlândia. Não conseguimos colocar em prática nosso plano tático e falhamos em vários momentos. Mérito também do Praia, que tem uma equipe forte e também soube aproveitar o fator casa. Agora é erguer a cabeça e trabalhar visando a próxima rodada”, disse a norte-americana.

 

O jogo – Como esperado, Osasco e Praia Clube fizeram um primeiro set equilibrado. As visitantes assumiram a ponta do placar e chegaram a abrir 17/14. Contudo, as donas da casa empataram no 20/20. Angela Leyva explorou o bloqueio para colocar o Audax novamente na frente no 22/21. A parcial seguiu lá e cá e, apesar de chegar ao 23/21, a equipe osasquense falhou nos momentos decisivos e viu o time de Uberlândia virar e fechar em 25/23.

 

Osasco voltou melhor para o segundo set e abriu 5/2. Contudo, as mineiras novamente equilibraram e, desta vez, comandaram o placar. Quando o Praia fez 14/11, Luizomar pediu tempo. O time não reagiu, apresentando problemas no passe. O treinador tentou alternativas como a entrada de Kika, Natasha e Paula Pequeno. Mas não deu o resultado esperado. As donas da casa seguiram na frente até fechar com um tranquilo 25/16.

 

A coisa não começou bem no terceiro set e Luizomar precisou parar o jogo quando o adversário fez 6/2. Desta vez, deu resultado. Osasco reagiu e encostou (6/7). Então, foi a vez do Praia pedir tempo. A virada veio no 8/7 após erro no rodízio das mineiras. A partir daí, o jogo seguiu equilibrado. Com bloqueio de Hooker e Wal, o Audax conseguiu novo empate no 18/18. Após ace de Leyva, voltou à frente (19/18). Mari também fez seu ponto de saque e manteve seu time na frente (23/22). Osasco chegou ao set point no 24/23 e, na base da garra, conseguiu vencer por 27/25.

 

Osasco correu atrás do Praia no quarto set. As donas da casa chegaram a fazer 5/1. Mas as visitantes reagiram e encostaram no placar até o 9/10, quando as mineiras voltaram a abrir vantagem (15/10). As comandadas de Luizomar seguiram lutando, mas os problemas de recepção voltaram a atrapalhar, justamente em uma partida na qual o saque do Praia foi eficiente. Com isso, Osasco não conseguiu repetir a reação da parcial anterior e acabou superado pelo Dentil, que ganhou por 25/16.

 

O Vôlei Osasco-Audax entrou em quadra com Claudinha (3), Hooker (12), Walewska (8), Nati Martins (1), Mari Paraíba (11), Angela Leyva (15) e a líbero Camila Brait. Entraram: Carol Albuquerque, Lorenne (3), Kika, Paula Pequeno, Natasha (5). Técnico: Luizomar de Moura.

 

O Dentil/Praia Clube entrou em quadra com Carli Lloyd (4), Fawcett (25), Fe Garay (17), Fabiana (15), Michelle (7), Carol (11) e a líbero Suellen. Entraram: Ananda, Paula Borgo, Lais. Técnico: Paulo Coco.

Fonte: Por Esporte

 

Posts Relacionados

IPVA 2021 será, em média, 6,77% mais barato para proprietários paulistas

Bruno Schwabenland

Vôlei Osasco-Audax tem vitória tranquila sobre Balneário Camboriú

Alessandro Belcorso

Vereadora Elsa Oliveira visitou o Bairro Novo Osasco acompanhada pelo Secretário de Trânsito

Bruno Schwabenland

DEIXE UM COMENTÁRIO

https://api.clevernt.com/cde5a1b4-43aa-11eb-9861-cabfa2a5a2de/