18.8 C
Osasco
20 de outubro de 2020
Araçariguama Cidades

Você já pagou por algo que seria gratuito? Em Araçariguama isso é normal!

Em Araçariguama a população paga sem reclamar, e os vereadores sem fiscalizar. Isto parece ser normal, mas não deveria!

Desde o mês de Novembro do ano passado (2019) a prefeitura informou que estaria rescindindo o contrato com a empresa de transporte Vertion(antiga empresa de transporte que operava na cidade com vários horários e menor tarifa do Estado) para fazer uma contratação emergencial até que fosse elaborada a licitação para tal, o que propiciaria transporte gratuito para toda população da cidade.

Nossa reportagem teve acesso a prestação de contas do município , e para nossa surpresa, e certamente da população , existem pagamentos mensais de mais de 170 mil referentes ao transporte público , que em tese deveria ser gratuito, já que fora anunciado desta maneira pelo prefeito em exercício.

Sendo assim, gostaríamos de saber, onde está a gratuidade?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As prestações de contas de janeiro/fevereiro/março (anexadas acima) demonstram que o município desembolsou quantia de R$ 556.819,21(quinhentos e cinquenta e seis mil, oitocentos e dezenove reais e vinte e um centavos).  Ao final do ano, implicará em um gasto de mais de R$ 2 milhões por ano !!!

Uma quantia tanto quanto alta para o que seria gratuito , não acham?  Isto é gratuito ???

Vale destacar que a nossa reportagem recebeu uma denuncia e está apurando. Na denúncia recebida, foi dito que que a empresa de transporte escolar, bem como a empresa de transporte urbano pertencem a dois irmãos, e está atuando há 6 meses sem licitação. Estamos apurando estes fatos denunciados e se isto se confirmar,  caracterizará crime , uma vez que dividiram os serviços formando um cartel ilegal e sem licitação.

Estamos apurando também a denúncia de que a empresa Wk que está prestando serviços de transporte urbano bastante deficitários , estaria utilizando motoristas da Prefeitura, o que agrava em muito o caso.

Podemos levar em consideração aquele velho ditado de que não existe almoço grátis?

 

A contratação

Vamos relembrar o que foi divulgado: “…Sem ônibus desde 22 de outubro de 2019, os passageiros passaram a ter uma resolução em 25 de novembro, quando a Prefeitura anunciou o contrato emergencial com a empresa WK Transportes para operação do transporte coletivo, de forma gratuita.”(trecho da nota extraída do Diário do Transporte).Vale ressaltar que a empresa (WK Transportes e Serviços) está atuando com um contrato emergencial “sob dispensa de licitação” desde o mês de novembro (2019), ou seja, seis meses.

Com essas informações deixamos aqui as nossas perguntas aos legisladores da cidade e responsáveis pela fiscalização do executivo;

Não irão fazer licitação para o transporte?

A Câmara está conivente com está situação?

E a população, o que acha disso?

Economia Fictícia

A prefeitura diz ter economizado 20 mil por mês em locações. Realizou a devolução prédio do fundo Social, da secretaria de educação e da  escola do bairro do Igavetá, ou seja, 200 mil por ano deixaram de sairiam de sair dos cofres púbicos.

Por outro lado gastará mais de 2 milhões em locação de ônibus com o falso discurso de gratuidade , pois paga mensalmente mais de 170 a empresa, e sem licitação, o que poderia ampliar concorrência e gerar mais economia.

Será que a torneira ficou aberta?

Onde realmente o transporte é gratuito

A cidade de Várzea Grande Paulista disponibiliza o transporte GRATUITO.

Veja abaixo um dos trechos de uma reportagem a respeito; “…. Segundo informações da administração da cidade, o programa Tarifa Zero é uma parceria entre a prefeitura e a iniciativa privada, que irá contribuir com uma taxa mensal referente ao que já é gasto com vale transporte. Esta taxa será paga ao Fundo Municipal de Transporte e Trânsito Urbano (FMTU), criado pelas Leis Municipais Lei Municipal 1068/2019 e 1092/19) que tem como receita: dotações orçamentárias; multas de trânsito; taxa de transporte público de passageiros (empresas privadas), o que servirá para custear o transporte…”

 

Posts Relacionados

Aniversário de Osasco terá o comando da dupla Maiara e Maraísa

Alessandro Belcorso

14 alvos na região, na operação contra fraude fiscal e sonegação no setor farmacêutico

Redação

Prefeitura abre vagas para curso de cabeleireiro

Joyce Araújo

2 comentário

[email protected] 17 de abril de 2020 at 12:56

Bom dia
Grande economia

Economizou 20 mil por mês em locações, do prédio do fundo Social, secretaria de educação e escola do igavetá…200 por ano , mas gasta mais de 2 milhões em locação de ônibus com o falso discurso de gratuidade , pois paga mensalmente mais de 170 a empresa sem licitação

Resposta
Cursos Online 20 de abril de 2020 at 11:14

Olá aqui é a Selma Lima, eu gostei muito do seu artigo seu conteúdo vem me ajudando bastante, muito obrigada.

Resposta

DEIXE UM COMENTÁRIO