24 C
Osasco
21 de outubro de 2020
Araçariguama

Vereadores de Araçariguama irão seguir a ALESP e reduzir em 30% seus salários?

Alesp deve cortar 30% do salários de deputados e destinar ao combate à Covid-19. Já os assessores comissionados terão corte de 20% do salário e dos benefícios . Seguindo a ideia da ALESP será que os vereadores aceitariam esta proposta?

Foi apresentado nesta quarta-feira, (22), pela mesa diretora da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo um Projeto de Resolução para reduzir as despesas do órgão para o ano de 2020. Com a adoção das medidas, a expectativa é economizar cerca de 320 milhões de reais que devem ser usados no combate à Covid-19. O anúncio foi feito pelo presidente da Alesp, o deputado Cauê Macris (PSDB).

Entre as propostas do projeto de resolução estão: a redução de 30% no subsidio dos deputados e 20% na remuneração dos servidores comissionados. A proposta determina ainda o corte de 30% na verba de gabinete e a revisão de todos os contratos da Assembleia, cuja redução pode chegar até 40%. Com isso, todos os recursos economizados serão repassados mensalmente aos cofres do governo para que sejam aplicados em ações de enfrentamento à pandemia.

A proposta da Mesa Diretora também estabelece a suspensão do pagamento em dinheiro das licenças prêmio e a devolução antecipada de 7% do orçamento do Legislativo para 2020, além da doação de 70% do fundo especial de despesa da Assembleia.

Saiba quais são as medidas anunciadas pela Alesp:

– Redução em 30% do salário dos deputados estaduais

– Redução em 30% das verbas de gabinete dos parlamentares

– Redução de 20% do salário e benefícios dos cargos comissionados

– Suspensão do pagamento da licença prêmio em dinheiro enquanto dure a calamidade

– Doação de 70% do fundo especial de despesas do Legislativo para o combate à pandemia

– Revisão e enxugamento de contratos do Legislativo, que chegam a até 40% dos contratos

Âmbito Municipal – Araçariguama

Em uma pesquisa realizada com a população da cidade, onde a Câmara de Araçariguama atualmente conta com 11 vereadores, as sugestões para economia foram diversas.
Pontuamos alguma, onde surtiria uma a economia de aproximadamente de 350 mil por mês, com isso, passariam a não precisar dos mais de 7 milhões que recebem por ano, o que ajudaria, e muito, com o combate ao corona vírus.
  1. Redução de 30 % nos salários dos Vereadores;
  2. Redução de 30% nas verbas de custeio dos gabinetes;
  3. Redução de 30 % nos salários dos comissionados;
  4. Suspensão das licenças prêmio em dinheiro;
  5. Devolução dos duodécimo ( 7% ) antecipada aos cofres do município para atendimento ao combate do Covid 19 , no caso de ARAÇARIGUAMA cerca de R$ 600,00 por mês, mais de 7 milhões por ano;
  6. Revisão e corte gradual de todos os contratos;
  7. Sessões virtuais e não presenciais.

Será que a Câmara de Araçariguama seguiria o exemplo da Assembléia legislativa de São Paulo e cortaria seus gastos?

Posts Relacionados

Prefeitura inova mais uma vez com Sessões de Licitações transmitidas ao vivo

Joseane Martins

Parque da Mina do Ouro recebe melhorias diárias

Redação

Começa nesta quinta-feira(08) a 35ª edição do Rodeio de Araçariguama com a dupla Gino e Geno

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO