14.9 C
Osasco
22 de setembro de 2021
Cidades

Vai viajar? Veja dicas de segurança para casa durante sua ausência

Datas comemorativas como a Páscoa, nas quais há feriado no calendário, provocam um movimento de pessoas viajando em busca de diversão e descanso. Como consequência, muitas residências ficam vazias, aumentando assim os roubos nessas propriedades.

Rogério Rodrigues, especialista em segurança do GRUPO GR, elaborou algumas dicas importantes para diminuir as chances dessas ocorrências. Confira abaixo.

Dicas de Segurança do GRUPO GR para evitar roubos em Casas e Apartamentos:

Casas
– O melhor seria não deixar a casa sozinha, mas se isso não for possível, peça a um vizinho ou parente visitar diariamente o imóvel.
– Não passe informações da sua viagem (local, data de saída e data de chegada) para estranhos ou serviçais. Informe apenas pessoa da sua confiança.
– Se possível, peça para uma pessoa de sua confiança recolher as correspondências, jornais e até os dejetos de cachorro se houver, verificar movimentos estranhos de pessoas rondando a residência.
– Não deixe as luzes acesas durante o dia, pois isso significa ausência de moradores.
– Se possível, instale um aparelho de fotocélula para acender e apagar as luzes externas à noite e de dia, respectivamente.
– Deixe algum telefone de contato com um vizinho, parente ou amigo, para informarem alguma ocorrência.

Condomínios
– As entradas -social e de serviço- devem possuir clausura (área de acesso entre dois portões) para que tanto condôminos como visitantes e prestadores de serviços possam passar por identificação e cadastro sem ficar expostos na rua. Da mesma forma evita-se o acesso livre ao condomínio ao abrir o primeiro portão.
– As entradas do condomínio – social, de serviço e garagem – devem ser suficientemente iluminadas, evitando-se o uso de obras de arte, de decoração e de jardinagem que obstruam a ampla visão do local à distância ou através das câmeras de vigilância.
– Os acessos aos apartamentos igualmente devem ser dotados de boa iluminação e as portas devem ser sólidas, dispondo de “olhos mágicos” ou outro dispositivo que permita a observação do lado externo.
– Preferencialmente, o condômino deve manter a máxima discrição quanto aos valores guardados em casa, existência de cofres, joias, eletrônicos e outros objetos que possam chamar atenção, inclusive bebidas alcoólicas. Há ocorrências de apartamentos que foram invadidos, pois o morador postou nas redes sociais a quantidade de uma determinada bebida que estava armazenando.
– O pessoal de zeladoria, principalmente aqueles que desempenham funções na portaria do prédio, deve ser alertado periodicamente sobre os diferentes expedientes usados pelos delinquentes e devem estar capacitados para tomar providências quando necessário.
– Ao atender visitantes, na ausência de clausura, o porteiro deve manter os portões fechados e as pessoas do lado externo do condomínio.
– Avisar o condômino sobre visitas, entregas, etc., e só permitir acesso às dependências mediante autorização do morador e devidamente acompanhado por um funcionário.
– Evitar permitir que os empregados domésticos ou crianças possam autorizar o acesso de visitantes.
– As chaves que forem confiadas a serviçais (faxineiras, motoristas, cozinheiras, etc.) não devem abranger todas as portas do apartamento, permitindo-se o isolamento de algumas dependências privadas, evitando que os empregados possam ser coagidos a abrir as portas de que possuam as chaves, surpreendendo os demais moradores.

 

GRUPO GR (www.grupogr.com.br)

Posts Relacionados

Ifood contratará 400 pessoas para Osasco e outras 3 unidades

Redação

Santana de Parnaíba lança 1º Mapa Turístico e Gastronômico do Município

Alessandro Belcorso

Festa do Peão de Cotia 2019 já tem 70% dos ingressos vendidos!

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO

https://api.clevernt.com/cde5a1b4-43aa-11eb-9861-cabfa2a5a2de/