17 C
Osasco
13 de junho de 2021
Esporte Osasco

Tênis de Osasco segue se destacando

O Tênis é uma das modalidades contempladas do bolsa atleta, da prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Esporte, Recreação e Lazer.
Tênis de Osasco segue se destacando -Imagem: Arquivo Serel/PMO

O Tênis é uma das modalidades contempladas do bolsa atleta, da prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Esporte, Recreação e Lazer.

A modalidade foi introduzida em meados dos anos 90 e vem fazendo história, atualmente existem 04 atletas e dois técnicos representantes da modalidade.

O atual técnico e jogador Daniel Souza iniciou nas quadras do clube Floresta, como juvenil atingiu a posição de número 1 do estado de São Paulo em 1991, e número 4 do Brasil e 60 do mundo (1993). Como profissional, chegou ao ranking da ATP em 1994 tendo disputado os maiores torneios do mundo neste mesmo ano. Em 1996 dedicou-se a, além da disputa de torneios estaduais, jogos regionais e abertos e interclubes, descobrir e treinar novos talentos.

“Ao longo desses 25 anos venho dedicando meu conhecimento tanto a levar o esporte aos que não tem oportunidade como extrair de jovens talentos o seu maior potencial. Uma das competições mais emblemáticas do estado, os jogos regionais e abertos, tem sido a ponta para lançar os novos talentos e oportunizar experiências de jogos contra grandes jogadores do estado ainda enquanto muito jovens. E os resultados estão aparecendo”, mencionou Daniel Souza.

Em 2017, com a parceria do professor Renato Messias, foi decidido por uma renovação completa na equipe de tênis da cidade. Atualmente, as aulas estão suspensas devido ao Covid-19 e o isolamento social. Seletivas serão abertas após a pandemia a fim de garimpar mais atletas.

Com as lesões de Carla Tiene, grande expoente do tênis mundial que representou a cidade por muitos anos, a aposentadoria de Marjorie Ceppo e a saída de Laura Pigossi , a comissão técnica aposta em lançar no time principal as atletas Nicolly Soares Ferreira e Gabriela Yamate, que tinham 14 e 13 anos, respectivamente. As duas já vinham tendo bons resultados nas competições estaduais da federação paulista.

Nicolly terminaria o ano de 2017 como a melhor tenista do estado na categoria 14 anos e Gabriela vinha de 5 títulos estaduais.

A medalha de bronze nos jogos abertos 2017, de São Bernardo do Campo, demonstrava que o caminho estava trilhado para as jovens tenistas osasquenses. Em 2018 as duas continuaram dominando o circuito paulista. Após o bronze nos jogos abertos de São Carlos, Gabi termina o ano como número 1 do estado na categoria 14 anos e Nicolly entre as 3 primeiras nos 16 anos. O ano de 2019 tinha uma expectativa grande quanto a equipe feminina. Jogando em casa os Jogos Regionais, a equipe não decepcionou e trouxe o ouro para a cidade. “O primeiro de muitos” disse Renato Messias em entrevista à rádio local.

Nicky e Gabi, como são carinhosamente chamadas, continuam treinando firme para atingir seus objetivos. O ano de 2020 foi absolutamente atípico para todos os esportes devido a pandemia. Alguns poucos torneios disputados no início do ano e 4 competições antes do fim da temporada. Mesmo assim, a dupla terminou o ano como números 1 e 2 do estado na categoria 18 anos, com Nicolly encabeçando a lista. A dupla acumula desde 2017, um total de 24 títulos estaduais, 6 nacionais, 2 internacionais, 3 medalhas em regionais e 2 em jogos abertos.

“O tênis tem uma representatividade significativa em Osasco, sempre com tradição e bons resultados, graças aos esforços dos nossos técnicos e atletas. A intensão da pasta é democratizar o acesso a todos os esportes”. Disse o secretário de Esporte, Rodolfo Rodrigues Cara.

Posts Relacionados

Osasco será sede do maior evento de patinação infantil do Brasil

Alessandro Belcorso

Convulsão mundial: Diego Armando Maradona morreu

Bruno Schwabenland

Hospital Veterinário da Zona Norte já realizou mais de 60 mil atendimentos

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO

https://api.clevernt.com/cde5a1b4-43aa-11eb-9861-cabfa2a5a2de/