19.5 C
Osasco
25 de outubro de 2020
Osasco

Supermercados de Osasco terão que adaptar carrinhos para crianças especiais

Começou a vigorar nesta semana a Lei 5.076/2020, que obriga os supermercados e hipermercados de Osasco a adaptarem 5% dos carrinhos de compras para o transporte de crianças com deficiência ou mobilidade reduzida. 

 

Nova regra já está em vigor e foi criada por iniciativa do vereador Ni da Pizzaria(Foto:divulgação)

 

Aprovada por unanimidade pelos vereadores no início do mês de julho, a legislação foi sancionada pelo prefeito Rogério Lins (PODE) no último dia 15. Os hipermercados, supermercados e congêneres terão três meses para proceder as adequações necessárias nos carrinhos de compras.

Após o período de adaptação, os estabelecimentos que não cumprirem a legislação estarão sujeitos a multa no valor de 200 Unidades Fiscais do Município de Osasco (UFMO), ou o equivalente a R$ 650,52.

SEGURANÇAS PARA MÃES E FILHOS

A nova lei foi criada a partir de projeto apresentado pelo vereador Ni da Pizzaria (PODE), em atenção às mães de crianças com deficiências físicas e motoras, que enfrentam dificuldades quando precisam ir ao supermercado com os filhos.

De acordo com Ni, a ideia é facilitar a vida dessas mães, oferecendo uma forma mais adequada e segura de locomoção aos filhos na hora das compras.

O parlamentar acredita que a lei representará para as crianças com deficiência ou mobilidade reduzida a possibilidade de participação de atividades cotidianas em família. “São momentos tão importantes para a formação emocional das crianças, ainda mais, destas que sofrem com necessidades especiais”, justificou o vereador, no projeto que originou a lei.

Recentemente, Ni da Pizzaria visitou a cidade de Sumaré, no interior de São Paulo, onde um supermercado já oferece o benefício aos clientes.

Posts Relacionados

Osasco busca reabilitação diante no Minas após derrota pela Superliga

Redação

Prefeitura entrega novo trecho da ciclovia da Visconde de Nova Granada

Redação

Osasco não seguirá o decreto nas antecipações aos feriados

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO