23.1 C
Osasco
26 de novembro de 2020
Cidades Osasco

Segunda parcelo do 13º salário dos servidores sairá na próxima sexta feira

Benefício será liberado junto com o vale de dezembro. Além disso, o pagamento do restante do salário também será antecipado, caindo na conta dos funcionários no dia 21 de dezembro.
Anúncio foi feito pelo secretário de Finanças, Pedro Sotero, que rebateu, em audiência na Câmara Municipal, acusações de que prefeitura estaria com problemas de fluxo de caixa

Os funcionários públicos da Prefeitura de Osasco vão receber a 2º parcela do 13º salário na próxima sexta-feira, dia 14. O anúncio foi feito pelo secretário de Finanças, Pedro Sotero, durante audiência sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), realizada na última terça-feira, na Câmara Municipal. Segundo Sotero, o benefício de final de ano será liberado junto com o vale, que geralmente é pago no dia 15 de cada mês. Além disso, o pagamento do restante do salário também será antecipado, caindo na conta dos servidores no dia 21 de dezembro. Todos os meses, o salário, com desconto do vale, é liberado no dia 30.

O anúncio foi feito por Sotero para rebater informações, com questionamentos durante a audiência, de que a prefeitura estaria com problemas de fluxo de caixa. Os boatos começaram a surgir depois que o secretário pediu, à Câmara Municipal, que antecipasse a devolução da diferença do duodécimo (valor que é repassado, anualmente, da prefeitura para o Legislativo. Quando há sobra, ela é devolvida à prefeitura. Sotero afirmou que pediu que a devolução fosse feita ainda este ano para facilitar o fechamento de casa. Mas abriu mão do pedido após os rumores da falta de recursos.

“A Prefeitura de Osasco não passa por problema de fluxo de caixa. Tanto que no próximo dia 14 todos os servidores vão receber, junto como vale, a 2ª parcela do 13º salário. E, no dia 21, o restante do salário. E abro mão do pedido que fiz a essa Casa. A devolução poderá ser feita quando lhe convier”, completou.  Ainda reforçando a “saúde financeira” da prefeitura, o secretário destacou que Osasco está entre os únicos municípios da região Sudeste que previram investimentos com recursos próprios para o Orçamento de 2019. “É claro que o cenário não está do jeito que a gente quer, mas é de estabilidade.

O funcionamento normal do município não foi afetado nem mesmo pelo aumento na inadimplência do IPTU, que passou de 15% para 20%, provavelmente como reflexo do desemprego e da crise econômica. Tem cidade que está há 6 meses sem pagar fornecedores. Estamos, em nossa cronologia, em novembro”, finalizou

fonte – Diário da Região

Posts Relacionados

Confira o que foi aprovado na sessão ordinária da Câmara dos Vereadores

Alessandro Belcorso

Câmara aprova projeto que incentiva uso de bicicletas – Veja o que mais foi discutido na nesta terça(20)

Redação

Inscrições para concurso público para professores seguem até 10/4

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO