19.9 C
Osasco
6 de março de 2021
Cidades Embu Itapecerica da Serra Saúde Taboão da Serra

Saída de Cuba do Mais Médicos devem deixar Itapecerica e Embu das Artes com 57 profissionais a menos

Após o anúncio da saída de Cuba do Mais Médicos, feito na última quarta-feira, dia 14, as cidades de Embu das Artes, Embu-Guaçu e Itapecerica da Serra devem enfrentar uma perda de 57 médicos cubanos nos seus quadros de atendimento.

 

 
A saida do país do programa se deu depois de Jair Bolsonaro dizer que pretende alterar alguns critérios de ingresso dos profissionais cubanos ao Mais Médicos, como, por exemplo, e submetê-los ao Revalida, exame aplicado a estrangeiros que querem atuar em medicina no pais. Outra exigência feita seria o pagamento integral do salário aos médicos, já que parte do valor é retido pelo governo cubano.
 
As três cidades ficarão em situação crítica, pois em todas elas o número de médicos cubanos é alto. Em Embu das Artes, serão 20 a menis nas UBS. Ja Itapecerica perderá 19 e Embu-Guaçu, 18.
Com isso, o atendimento médico nestes municipios devem ficar delicado, já que a preocupapre agora é como preencher as vagas deixadas e suprir a demanda das cidades.
 
Taboão da Serra é a única da regire que não sofrerá com a medida. A cidade possui 8 médicos no programa Mais Médicos, mas nenhum deles é cubano.
texto: Gabriela Pereira – Especial para o Jornal na Net / foto – PLula Marques, Agência PT

Posts Relacionados

Vereadores aprovam fundo para o Cemitério Parque dos Girassóis

Alessandro Belcorso

Senai abre inscrições para cursos técnicos

Alessandro Belcorso

Nestor do Algodão Doce toma posse como vereador nesta quinta (20)

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO

https://api.clevernt.com/cde5a1b4-43aa-11eb-9861-cabfa2a5a2de/