19.6 C
Osasco
17 de abril de 2021
Brasil Economia

Saiba mais sobre os efeitos do PIX para as vendas da Black Friday no e-commerce

Especialista aponta que o uso de CRM pelas empresas pode oferecer mais segurança a dados
Portrait of young businessman sitting at his workplace in front of computer monitor and scanning QR code with mobile smart phone.
Retrato de um jovem empresário sentado em seu local de trabalho em frente ao monitor do computador e digitalização do código Qr com telefone móvel inteligente.

Disponível desde segunda-feira, 16, o PIX, o novo sistema de pagamentos instantâneos desenvolvido pelo Banco Central, registrou mais de 1 milhão de transações apenas no dia de lançamento da plataforma. Isso mostra a dimensão sobre como essa nova maneira de realizar transferências deve impactar o e-commerce, sobretudo, na Black Friday.

A expectativa do mercado é alta. Segundo pesquisa realizada pela Behup, 43% dos entrevistados está se programando para comprar algum produto ou algum serviço no próximo dia 27 de novembro, a sexta-feira mais importante do ano para o varejo. Além disso, 41% afirmaram que pretendem aproveitar as ofertas da Black Friday apenas por meio de lojas online.

Nesse cenário, a chegada do PIX tem grande importância para os resultados do e-commerce no último bimestre de 2020. Por outro lado, com tamanho volume de vendas e entregas, impulsionadas pela velocidade no processo de pagamento, surgem alguns desafios.

Segundo Jacqueline Phillips, diretora da amoCRM, um dos desafios é garantir a proteção de dados pessoais dos consumidores, um elemento crucial para o sucesso de qualquer e-commerce. “Por isso, muitos deles, em especial os de pequeno porte, já usam CRM (gerenciadores de relacionamento com o cliente) para elevar a segurança do público. Dessa forma, os gestores têm por meio do sistema a capacidade de gerenciar, com exatidão, quem tem acesso para ver e editar as informações de cada cliente”.

A integração com outras ferramentas também é uma das vantagens do sistema elaborado pela amoCRM. Com ele, é muito mais simples integrar o CRM a um software de processamento de pagamentos, assim como a outros aplicativos de mensagens e plataformas de envio de SMS. O que significa economia de recursos financeiros e tempo, caso fosse necessário usar diferentes sistemas.

Um benefício tanto para as empresas de e-commerce, que venderão mais, como para os clientes, que poderão pagar com eficiência, rapidez e tranquilidade.

Saiba mais sobre a pesquisa aqui:

http://tracylocke.com.br/wp-content/uploads/TracyLocke_UnLocke-BF_Natal-Infografico-5.pdf

Sobre amoCRM

Primeiro CRM conversacional do mundo, atualmente, o amoCRM atende mais de 50 mil empresas em 56 países ajudando-as a transformar suas trocas de mensagens em vendas. A plataforma sincroniza e-mail, telefone e apps de mensagens como o WhatsApp num hub de comunicação centralizado. Além disso, capacita as equipes a aumentar suas vendas com perfis de clientes personalizados, fluxos de trabalho de vendas automáticos, gerenciamento de tarefas, relatórios em tempo real e muito mais. Saiba mais em www.amocrm.com/br/ e faça um teste grátis!

Posts Relacionados

Com vetos, Bolsonaro sanciona MP que flexibiliza ano letivo

Bruno Schwabenland

Ayrton Senna ganhará homenagens no aniversário de falecimento

Redação

Qual é a diferença entre ginástica rítmica e ginástica artística?

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO

https://api.clevernt.com/cde5a1b4-43aa-11eb-9861-cabfa2a5a2de/