16.4 C
Osasco
18 de outubro de 2021
Osasco

Sabesp detalha a vereadores andamento de obras em Osasco

Operadora investiu R$ 80 milhões na modernização da rede de água

Representantes da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) e vereadores promoveram, na manhã desta quinta-feira (6), um encontro por videoconferência para tratar de problemas relacionados ao abastecimento de água e tratamento de esgoto em Osasco. As obras em andamento e o cronograma de serviços dominaram a pauta.

O encontro foi mediado pelo vereador Josias da Juco (PSD) e contou com as presenças do diretor regional da Sabesp, Josué Fraga da Silva, do gerente de Polo, Ronaldo Guimarães, além dos colaboradores Reinaldo Barbosa Souza e Vilma Lacerda. Participaram também assessores dos vereadores Ana Paula Rossi (PL), Daniel Matias (PP), Jair Assaf (DEM) e do presidente da Casa, vereador Ribamar Silva (PSD),

Josué Fraga apresentou o cronograma de obras previstas para a cidade, nas áreas de abastecimento de água e tratamento de esgoto.

Até 2021, a cidade deve avançar nos índices de saneamento básico, graças às obras que vão atender a Zona Norte, que ainda sofre com a falta de rede de esgoto.

Segundo Fraga, no ano passado foram feitas 11 mil novas ligações de esgoto na cidade, mas o grande diferencial devem ser as obras no lado norte da cidade, que já foram licitadas.

Essas obras vão permitir a travessia do esgoto sobre o rio Tietê e sob a rodovia Castelo Branco, fazendo a ligação com a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Barueri.

Conforme explica Fraga, essas obras devem “viabilizar o atendimento de muitas ligações que, até então, não estavam sendo atendidas por conta de entraves operacionais”.

REDE DE ÁGUA
A rede de água de Osasco tem 1.200 km de extensão. De acordo com Fraga, entre 40% e 50% desse total estão obsoletos, comprometendo os serviços de abastecimento.

Nos últimos 30 meses, a operadora investiu R$ 80 milhões na substituição de 100 km da rede considerada defasada. “Com essas substituições, nós eliminaremos futuros vazamentos, aberturas nas vias públicas e quebras nos passeios, o que vai proporcionar uma regularidade no abastecimento de água”, explicou Fraga.

Após a explanação de Fraga, a reunião foi aberta a perguntas dos vereadores e internautas.

Por meio da assessoria, o vereador Jair Assaf questionou prazos para a implantação de rede de esgoto em assentamentos de famílias no bairro Jardim Aliança.

De acordo com Fraga, os serviços prestados em áreas irregulares dependem de autorização da Prefeitura. O representante da Sabesp acredita que o bairro poderá chegar aos 100% de esgoto tratado após a conclusão das obras na Castelo Branco.

SERVIÇOS CONTINUAM
Mesmo com as medidas de isolamento por conta da pandemia de Covid-19, os serviços operacionais da Sabesp continuam em atividade.

O atendimento presencial no posto do Poupatempo foi substituído por um novo canal de comunicação, pelo e-mail [email protected]

ENCONTROS MENSAIS
A reunião desta quinta foi a primeira após o início da pandemia, e aconteceu por videoconferência, em atenção às medidas de isolamento em vigência.

As reuniões mensais entre representantes da Câmara e da Sabesp começaram em 2019, com o objetivo de aproximar a população da operadora.

Para o vereador Josias da Juco, os encontros têm sido importantes para levar informações à população sobre os serviços prestados. “Que a gente possa continuar cada vez mais a se adequar a esse momento de pandemia, dando continuidade aos serviços prestados à população”, justificou o parlamentar.

Posts Relacionados

Passeio Ciclístico do Trabalhador acontece nesta nesta quarta(01)

Redação

Em parceria com Prefeitura, Basket Osasco terá projeto social focado no atendimento das crianças

Bruno Schwabenland

Osasco recebe Unidade Móvel de Artes e Cultura do SESI

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO

https://api.clevernt.com/cde5a1b4-43aa-11eb-9861-cabfa2a5a2de/