18.4 C
Osasco
15 de maio de 2021
Osasco Política

Rogério Lins critica decisão judicial que inocentou empresário por “estupro culposo”

O Prefeito de Osasco usou o Facebook ontem (03), para criticar a “inédita” conclusão que criou a terminologia, “estupro culposo”, para absolver o empresário André de Camargo Aranha no Caso Mariana Ferrer. 
Rogério Lins, prefeito de Osasco, protestando contra a conclusão judicial, chamada de “estupro culposo”. Foto: Facebook/Reprodução.

O prefeito de Osasco, Rogério Lins,  se indignou juntamente com a sociedade, pela decisão baseada num suposto artigo do Código do Processo Penal, que foi “criado’ para empresário André de Camargo Aranha, acusado de estuprar a influenciadora Mariana Ferrer, em Florianópolis. A conclusão deste caso está sendo chamado de “estupro culposo”. Tal caso gerou estarrecimento nacional, pela forma que vítima foi tratada pelos advogados de defesa do empresário, gerando críticas de autoridades, famosos e clubes de futebol.

“ESTUPRO CULPOSO NÃO EXISTE! Queremos nos colocar ao lado da produtora Mariana Ferrer, vítima de violência como inúmeras mulheres em nosso país”, declarou o prefeito, por meio do seu Facebook ontem (03).

“Pra qualquer cidadão isso já é motivo de revolta, mas pra nós gestores públicos, além da indignação com a decisão judicial, cabe um chamado de como podemos combater todos os tipos de violência contra as mulheres. Aqui, em Osasco, estamos trabalhando para diminuir a incidência de crimes como esse e, em nosso plano de governo, criamos um eixo específico de política para as mulheres”, afirmou Rogério Lins.

Posts Relacionados

Seu animalzinho poderá te acompanhar nos ônibus da cidade

Redação

O PL de Osasco cresceu e sai fortalecido das eleições 2020”, afirma Ana Paula Rossi

Redação

Osasco aplica 4.815 vacinas contra a Covid no feriado de Tiradentes

Bruno Schwabenland

DEIXE UM COMENTÁRIO

https://api.clevernt.com/cde5a1b4-43aa-11eb-9861-cabfa2a5a2de/