13.5 C
Osasco
14 de junho de 2021
Osasco Política

Projeto de professora municipal recebe prêmio e reconhecimento dos vereadores

Professora Andrea Rodrigues, da CEMEI Osvaldo Gonçalves de Carvalho, recebeu premio da Fundação Maria Cecilia Solto Vidigal por projeto para Educação Infantil.
Projeto de professora municipal recebe prêmio e reconhecimento dos vereadores. Foto: Divulgação

Destaque no prêmio Prêmio Educação Infantil: Boas Práticas de Professores Durante a Pandemia, oferecido pela Fundação Maria Cecilia Solto Vidigal, a professora Andrea Rodrigues da CEMEI Osvaldo Gonçalves de Carvalho, no Rochdale, foi homenageada durante a 10ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal, realizada nesta terça-feira (18).

O vereador Délbio Teruel (DEM), Elsa Oliveira (PODE) e Joel Nunes (Republicanos) apresentaram moções de aplauso para a profissional da rede municipal de ensino que ficou entre as 100 primeiras colocadas na premiação ao apresentar um projeto de educação com uso de fantoche.

A vereadora Elsa Oliveira foi a primeira a se manifestar para homenagear a Professora falando sobre o projeto apresentado.

“Com projeto Minha casa, Minha escola ela propôs atividades de letramento digital com a ajuda de uma personagem de fantoche, Glorinha, protagonizada nos encontros virtuais que aconteceram por meio de ações educativas e que resultou no envolvimento dos familiares, alunos e da escola. Em tempos tão dasafiadores, ainda mais com os alunos da educação infantil que precisam desses vínculos presenciais e ela rompeu a barreira da distância e inspirou todos nós. Essa professora mostrou muita criatividade e paixão pela profissão. Parabéns a professora e a todos os profissionais da educação”, falou a parlamentar.

Délbio Teruel elogiou a professora e falou como o trabalho de Andrea dava orgulho para todos. “Mais uma professora de Osasco reconhecida pelo trabalho desenvolvido. Nada abalou a disposição dela em levar conhecimento e de trabalhar com os alunos, é uma professora que nos dá muito orgulho. Andrea é uma inspiração a todos nós, assim como a professora Nilma que também foi super premiada”, elogiou o vereador

A Fundação Maria Cecilia Solto Vidigal tem mais de 50 anos de história e busca exemplos de políticas educacionais destinadas a educação infantil, visando ampliar e enriquecer o debate em torno dos desafios da educação no Brasil. E durante a pandemia os desafios foram enormes. A distância entre professores e alunos impactou principalmente a educação infantil levando os profissionais a desafios nunca antes imaginados.

Para premiar os profissionais que se destacaram em projetos neste período de crise sanitária a Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e a Fundação Itaú Social uniram-se e lançaram o Prêmio Educação Infantil: Boas Práticas de Professores Durante a Pandemia.

Segundo informações divulgadas durante a live realizada para a divulgação dos profissionais vencedores, em 31 de março, foram inscritos 707 projetos, 218 foram classificados para a segunda fase, 150 para a terceira e as 100 melhores práticas de profissionais de todo o país foram premiadas. De acordo com os realizadores, dos 100 premiados, 70 profissionais estão na faixa etária de 40 e 50 anos e têm mais de 10 anos de profissão.

Cada um dos 100 ganhadores receberá o valor de R$1.000,00 e um curso de formação online sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) para aprofundar os conhecimentos e práticas dos docentes, realizada pelo Instituto Singularidades.

Posts Relacionados

Prefeitura inaugura Centro de Inclusão Digital voltado à terceira idade

Redação

Prefeitura anunciou o Vereador José Fernandes da Costa (Costa do Gás) para o cargo de Secretário de Habitação

Joseane Martins

Cidade possui 11 hortas comunitárias

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO

https://api.clevernt.com/cde5a1b4-43aa-11eb-9861-cabfa2a5a2de/