19.8 C
Osasco
6 de março de 2021
Carapicuiba Política

Prefeitura de Carapicuíba realiza testes para a covid-19 em 2.000 profissionais da rede municipal de educação

Iniciado no dia 18 de fevereiro, a Prefeitura de Carapicuíba está realizando a testagem para diagnóstico de Covid-19 em cerca de 2.000 profissionais da rede municipal de educação.
Prefeitura de Carapicuíba realiza testes para a covid-19 em 2.000 profissionais da rede municipal de educação. Foto: Prefeitura de Carapicuíba/Reprodução

Iniciado no dia 18 de fevereiro, a Prefeitura de Carapicuíba está realizando a testagem para diagnóstico de Covid-19 em cerca de 2.000 profissionais da rede municipal de educação. Além disso, também serão testados funcionários das instituições conveniadas e escolas particulares. A iniciativa tem o objetivo de proporcionar maior segurança e tranquilidade aos pais e alunos, já que as aulas presenciais nas escolas estão previstas para retornar no próximo mês.

 O exame feito pelos agentes de saúde é o PCR-RT, que é capaz de identificar os casos de infecção ativa pelo vírus. Este é um exame que apresenta resultados confiáveis, sendo a escolha para doentes que estejam com sintomas compatíveis com covid-19.

 A testagem acontece até dia 24 no período da manhã e tarde. Esta é mais uma das medidas que fazem parte do protocolo sanitário que a Prefeitura de Carapicuíba vem desenvolvendo nos setores da educação municipal.

 Nesta sexta-feira, 19, o prefeito Marcos Neves realizou reunião on-line com representantes da rede de ensino privada e foi questionado sobre a vacinação dos profissionais da educação. “Sabemos da ansiedade de todos pela vacinação, mas os municípios devem seguir o Plano Nacional de Imunização, vacinando os idosos, pois são eles que possuem mais risco de contrair a forma grave do coronavírus”, afirmou Neves.

 Além disso, explicou que Carapicuíba tem realizado a imunização de forma acelerada e já antecipou a vacinação dos idosos a partir de 80 anos. “Queremos agilizar ainda mais a campanha de vacinação, mas dependemos da chegada de mais doses das vacinas. Por isso, ainda não há previsão do Plano Nacional de Imunização para a vacinação dos profissionais da educação”, finalizou o prefeito Marcos Neves.

Posts Relacionados

SP mantém volta às aulas presenciais para o ano letivo de 2021 e define regras

Bruno Schwabenland

Rogério Franco é reeleito prefeito de Cotia

Bruno Schwabenland

“Temos quase certeza da vitória no primeiro turno”, diz Ana Maria Rossi

Bruno Schwabenland

DEIXE UM COMENTÁRIO

https://api.clevernt.com/cde5a1b4-43aa-11eb-9861-cabfa2a5a2de/