20.4 C
Osasco
27 de novembro de 2020
Araçariguama Cidades

Prefeitura de Araçariguama decreta segunda etapa de redução e contenção de despesas

 

A Prefeita de Araçariguama, Lili Aymar, assinou na manhã de terça-feira o Decreto nº 2790 de 18 de setembro de 2018, que amplia algumas medidas para a redução e contenção de despesas do Município em sua segunda etapa.

 

A primeira etapa foi decretada em maio de 2018, no ápice da crise econômica brasileira, logo após a paralisação nacional dos caminhoneiros, onde o Município de Araçariguama adiantou-se prevendo tal situação pela qual todas as demais Prefeituras estariam enfrenando, como de fato estão enfrentando neste momento.

 

Naquele primeiro momento, a Prefeitura de Araçariguama por meio do Decreto nº 2735 de 29 de maio de 2018, saiu na frente das demais Prefeituras da região e adotou várias medidas para equilibrar as contas públicas, criando um  Comitê de Gerenciamento de redução e contenção de despesas; que reavaliou as funções gratificadas e comissões; suspendeu o aumento salarial; vedou a criação de novos cargos; racionalizou o uso da frota municipal; reduziu em até 30% os cargos em comissão e os programas sociais Frente de Trabalho Municipal e GAS – Grupo de Apoio Social; além de outras medidas que contribuíram e vem contribuindo para que a Cidade continue prestando serviços de qualidade e atendendo a população com total esmero e atenção merecida.

 

Com a edição deste novo decreto complementar, a Administração Municipal reafirma seu compromisso em manter o equilíbrio das contas públicas, o pagamento do 13º salário dos servidores públicos, bem como o pagamento de fornecedores, no âmbito da Administração Municipal,  da administração direta e indireta, relativas ao exercício de 2018 e outros.

 

O decreto determina que todas as Secretarias Municipais adotem medidas para a redução e contenção de despesas, mas sem prejudicar os serviços essenciais prestados aos cidadãos. Além de limitar a emissão de empenhos e a movimentação financeira no âmbito da Administração Municipal Direta e Indireta, mediante atendimento aos critérios estabelecidos no texto.

 

Dentre as medidas adotadas para a redução e contenção de despesas, estão os gastos com pessoal, material de expediente, frota de veículos e contratos. Tem ainda a suspensão, execução e pagamento de horas extras, exceto para aqueles serviços imprescindíveis e mediante justificativa, que estará sujeita à aprovação da Chefe do Executivo Municipal.

 

Também serão suspensos temporariamente a concessão de diárias, viagens, cursos e seminários; novas nomeações e contratações de servidores, ressalvadas situações de excepcional interesse público e outras previstas em lei; concessão de licenças para interesses particulares e de gratificações sem obrigação legal; e a concessão de reajustes a servidores municipais, ressalvados os casos em que deva ser garantido o piso nacional da categoria fixado em lei federal; revisão geral anual, entre outras determinações.

 

“Esse decreto se faz necessário, pois precisamos continuar com o trabalho que vem sendo desenvolvido e ao mesmo tempo economizar, manter a casa em ordem e dinamizar ainda mais nossa gestão. Graças a Deus, nossa amada Araçariguama está entre as 15 cidades do Estado de São Paulo, que não teve queda na arrecadação, muito pelo contrário subiu para 2,0%. Porém os serviços aumentaram cerca de 40%, após a inauguração das 6 novas escolas e creches, da nova UBS, AME – Ambulatório Municipal de Saúde, UBS Jardim Brasil, Farmácia do Povo, Casa do Cidadão, PAM – Posto de Atendimento ao Munícipe, entre outros serviços entregues neste 1 ano e 8 meses pela nossa gestão. O momento é de austeridade e acima de tudo respeito com os recursos públicos e comprometimento” disse a Prefeita Lili Aymar.

 

Confira os principais tópicos do novo decreto:

  • Reavaliação das concessões de funções gratificadas e comissões;
  •  Suspensão da concessão de aumento salarial, salvo os derivados de sentença judicial ou de determinação legal ou contratual, ressalvada a revisão prevista no inciso X do art. 37 da Constituição;
  • Vedação temporária da criação de cargo, emprego ou função, salvo sob manifesto interesse público;
  • Suspensão das autorizações para participação dos servidores públicos municipais em eventos, seminários e cursos, bem como encontros regionais, estaduais e nacionais de quaisquer áreas que impliquem em despesas, salvo se autorizado pelo Chefe do Executivo.
  •  Reavaliação dos espaços físicos utilizados para as atividades de cada Secretaria que compõe a Administração Municipal (contratos de locação de imóveis);
  • Suspensão de despesas com viagens, exceto aquelas decorrentes de serviços públicos essenciais, ou de interesse público.
  • Vedação de uso da frota de veículos municipais nos finais de semana e dias considerados feriados Nacionais, Estaduais ou Municipais, bem como a sua utilização após as 13h00min horas, salvo em casos essenciais ou de interesse público;
  • Contenção do consumo de água, energia elétrica, telefone em todas as unidades administrativas, bem como uso racionalizado do ar condicionado, exceto em lugares e ambientes de uso obrigatório, utilizando somente a energia estritamente necessária para a realização das atividades de rotina;
  •  Pleitear a redução dos contratos de prestação de serviços, especialmente àqueles em que há possibilidade de supressão do objeto, até o limite de 25% (vinte e cinco por cento);
  • Reavaliação das licitações em curso e que ainda não tenham sido homologadas ou adjudicadas, bem como daquelas ainda a serem instauradas;
  •  Restringe os pedidos de adiantamento, salvo se autorizado pela Chefe do Poder Executivo, justificando o Interesse Público.
  • Suspensão total das horas extras em todas em repartições da Administração Pública Municipal, com exceção da Guarda Civil Municipal e do SAMU.
  • A Administração Publica Direta e Indireta do Município de Araçariguama, a partir do dia 01 de Outubro de 2018 (segunda-feira) à 30 de Novembro de 2018 (domingo),  terá expediente nos seguintes horários; das 08h00min às 13h00min e a partir do dia 01 de Dezembro de 2018 (sábado) à 11 de Janeiro de 2019 (sexta-feira),  terá expediente nos seguintes horários;  das 08h00min às 12h00min.
  •  Fica estabelecido o funcionamento junto a Secretaria Municipal de Saúde;

I – PA – Pronto Atendimento – funcionamento 24 horas;

II – Farmácia – funcionamento das 09h00min às 16h00min, respectivamente na forma do Art. 4º e 5º do presente decreto.

III – Atendimento da UBS – Unidade Básica de Saúde e do AME – Ambulatório Municipal de Especialidades – funcionamento das 07h00min às 17h00min

  • O serviço de transporte na Saúde apenas será utilizado para atendimento de hemodiálise, quimioterapia, radioterapia, deficientes físicos, gestantes, idosos, urgência e emergência e outros tratamentos continuados, a critério da Secretaria Municipal de Saúde, limitado a um acompanhante.
  •  O serviço de transporte de ambulância de retorno para casa, serão oferecidos somente em caráter de necessidade e de emergência.
  • Ficam reduzidos os horários, no mesmo período, das atividades e cursos da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, da Secretaria Municipal de Juventude, Esportes e Lazer, e demais projetos sociais e culturais, salvo em alguns casos, em período de escala, devidamente autorizado pelo Secretário Municipal das respectivas pastas.

Posts Relacionados

Prefeitura realiza 3ª Pedalada pelo Meio Ambiente

Joyce Araújo

Operação Noite Tranquila fecha 12 estabelecimentos por perturbação de sossego

Redação

Santana de Parnaíba lança 1º Mapa Turístico e Gastronômico do Município

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO