26.8 C
Osasco
3 de dezembro de 2020
Cidades

Prefeitos se encontram para manter CEAGESP na região

 

O presidente do Consórcio Intermunicipal da Região Oeste (Cioeste), prefeito Igor Soares (PODE), de Itapevi, agendou reunião extraordinária na próxima terça-feira, 2, para tratar da possível instalação da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) na região.

 

Estarão presentes prefeitos das cidades da região que fazem parte do Cioeste, o secretário estadual de Agricultura e Abastecimento, Gustavo Junqueira, o secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, e representante do Ministério Público.

“Fomentar a economia regional é o principal objetivo com a Ceagesp. O investimento da empresa vencedora pode chegar a R$ 2,3 bilhões, a depender da proposta selecionada”, destacou Igor Soares / Foto: PMI

 

O governo do estado recebeu quatro propostas da iniciativa privada para a construção da “Nova Ceasa”, visando a transferência da Ceagesp, que hoje funciona no bairro da Vila Leopoldina, na Zona Oeste da capital. Duas áreas estão localizadas na região, sendo uma em Santana de Parnaíba e outra na divisa de Barueri com Carapicuíba, onde existia a Lagoa.

“Fomentar a economia regional é o principal objetivo com a Ceagesp. O investimento da empresa vencedora pode chegar a R$ 2,3 bilhões, a depender da proposta selecionada”, destacou Igor Soares. O presidente do Consórcio entende que o primeiro passo é ganhar o apoio e aval do governo paulista. “Na sequência, vamos para Brasília, reunir nossa bancada de deputados para juntos garantirmos esta conquista regional”.

O prefeito de Barueri, Rubens Furlan (PSDB), também é entusiasta do projeto. “Na divisa com Carapicuíba, há área ao lado Rodoanel e da Castello Branco, vias que possibilitam acesso rápido a qualquer cidade da Grande São Paulo. Nossa região ganha e o consumidor também”.

Propostas apresentadas ao governo do estado

1. Benvenuto Engenharia e Companhia Paulista de Desenvolvimento – proposta de terreno de 2 milhões de metros quadrados na Avenida Raimundo Pereira de Magalhães, na junção dos trechos Norte e Oeste da Rodoanel. A ideia de área construída é de 482 mil m2 e o investimento de R$ 1,3 bilhão.

2. Consórcio Ideal Partners: terreno em Santana do Parnaíba com 4 milhões de m2 e sugestão de área construída de 1 milhão de m2. Acesso pelo Rodoanel Oeste e rodovias Castello Branco e Anhanguera. O investimento é de R$ 2,2 bilhões.

3. Consórcio Fral: terreno da Lagoa de Carapicuíba em Barueri, próximo a Osasco, também com acesso pelo Rodoanel Oeste, com 1,9 milhão de m2 e área construída de 864 mil m2. O investimento seria de R$ 2,3 bilhões.

4. Consórcio Nesp: área com 4 milhões de m2 no km 26 da Rodovia dos Bandeirantes com acesso pelo Rodoanel Oeste. A área construída não foi especificada. O investimento seria de R$ 1,5 bilhão.

Posts Relacionados

Vereadores de Osasco aprovam redução de imposto para empresas de turismo

Redação

Cozumel inaugura primeiro quiosque em São Paulo

Bruno Schwabenland

Prefeitura abre processo seletivo de estágio com 75 vagas em diversas áreas

Joyce Araújo

DEIXE UM COMENTÁRIO