18.3 C
Osasco
21 de junho de 2021
Cidades Política

Prefeitos do Cioeste adiam retorno presencial das aulas e se unem para vacinar professores

Os prefeitos da região oeste que fazem parte do Consórcio CIOESTE (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste), decidiram conjuntamente durante reunião virtual na manhã de hoje (23), que as aulas presenciais na rede municipal não retornam em março como previa algumas cidades.
O prefeito de Vargem Grande Paulista Josué Ramos, na reunião online do CIOESTE. Foto: Prefeitura de Vargem Grande Paulista

Os prefeitos da região oeste que fazem parte do Consórcio CIOESTE (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste), entre eles o prefeito de Vargem Grande Paulista Josué Ramos, decidiram conjuntamente durante reunião virtual na manhã de hoje (23), que as aulas presenciais na rede municipal não retornam em março como previa algumas cidades.

A medida visa garantir a saúde dos alunos, professores e demais profissionais que trabalham nas escolas municipais. “Estamos fazendo força tarefa com o Governo do Estado de São Paulo para que a vacinação contra a covid-19 nos professores aconteça antes do retorno presencial das aulas. Os profissionais da educação precisam entrar nos grupos prioritários”, destacou Josué.

Durante a reunião, os prefeitos também decidiram que farão uma licitação por meio do Consórcio, para aquisição de vacinas contra a covid-19 e, assim, agilizar a imunização da região. “Como o Governo Federal não autorizou a que os municípios comprem o imunizante diretamente dos laboratórios, então vamos entrar com uma ação judicial para conseguir esta permissão. A quantidade de doses que recebemos é muito pequena, tanto que em Vargem Grande Paulista interrompemos a vacinação por falta de imunizantes”, lamentou o prefeito.

Em Vargem Grande Paulista as aulas on-line retornaram neste mês e o retorno presencial está previsto para o mês de abril com até 35% da capacidade. Até lá, a Secretaria Municipal de Educação está realizando uma Avaliação com todos os alunos do 2o ao 5o ano do Ensino Fundamental.

O objetivo desta avaliação é fazer um diagnóstico sobre a aprendizagem dos alunos, bem como aferição de dados sobre as potencialidades e fragilidades detectadas, a fim de subsidiar ações eficazes no sentido de sanar as dificuldades apresentadas em razão de eventuais déficits de aprendizagem no exercício de 2020, em virtude das aulas ministradas exclusivamente pelo sistema remoto.

Posts Relacionados

Prefeitura abre inscrições para as creches municipais

Alessandro Belcorso

Foram doadas 7 mil mudas para o viveiro da cidade de Francisco Morato

Alessandro Belcorso

Equipe da Ginástica Rítmica de Osasco se destaca em Campeonato online da Ucrânia

Bruno Schwabenland

DEIXE UM COMENTÁRIO

https://api.clevernt.com/cde5a1b4-43aa-11eb-9861-cabfa2a5a2de/