15.5 C
Osasco
8 de maio de 2021
Cotia Saúde

Perigo: Cooperativa registra aumento de máscaras e luvas no material reciclável

Especialista da vigilância sanitária alerta para o risco de contaminação de outras pessoas e para os danos ambientais quando estes itens não são descartados corretamente.
Perigo: Cooperativa registra aumento de máscaras e luvas no material reciclável. Foto: Alexandre Rezende

Desde meados do 1º semestre de 2020, os brasileiros são obrigados a usar máscaras fora de suas casas como forma uma das formas de evitar a contaminação pelo coronavírus. E é exatamente deste período para cá que a cooperativa Coopernova Cotia Recicla tem notado a presença de máscaras e luvas entre os recicláveis. Nos últimos meses, o aumento foi bastante expressivo colocando em risco a saúde de quem faz a coleta do material, dos cooperados que o recebem e fazem a separação dos itens.

A responsável pela Cooperativa, Marly Monteiro, disse que teme por sua saúde e dos cooperados. “Isso [luvas e máscaras no material] nos preocupa, porque sabemos que acarreta problemas de saúde e tem risco de contaminação para todos nós e para nossas famílias”, disse. “Tudo vai para o rejeito, mas é uma coisa que não deveria estar ali”, completou.

Perigo: Cooperativa registra aumento de máscaras e luvas no material reciclável. Foto: Alexandre Rezende

Consultados, o biólogo Ricardo Cabrera, da Vigilância Sanitária (VISA), e Clóvis Petroni Júnior, coordenador da VISA, ratificaram a preocupação de Marly. “É possível que outra pessoa se contamine durante a manipulação do material contaminado. Além disso, esses profissionais estão expostos a diversos patógenos e devem obrigatoriamente utilizar todos os equipamentos de proteção individual para a atividade. E os cuidados devem ser continuados no retorno para a residência”, alertou Clóvis Petroni.
Ricardo Cabrera falou sobre o descarte correto. “Após o uso, as luvas de procedimento, bem como as máscaras cirúrgicas precisam ser descartadas imediatamente, e sua reutilização não é recomendada. O descarte das luvas deve levar em consideração a questão da biossegurança, pois podem causar danos ao meio ambiente se eliminadas de forma inapropriada, trazendo riscos para o solo e lençóis freáticos”, salientou.

Mesmo com a adoção dos protocolos de segurança no trabalho, não foi possível evitar a contaminação de cooperados. “O primeiro caso foi em junho de 2020. Tomamos os cuidados, mas aconteceu. Não sabemos como e nem onde se contaminaram, mas o fato é que a pandemia mudou muita coisa, inclusive o material que recebemos”, comentou Marly.

O biólogo Ricardo explicou que as máscaras faciais são equipamentos de grande importância atualmente e de uso obrigatório. Contudo, para produzir um efeito preventivo à Covid-19 deve-se respeitar o protocolo de uso. “Segurar a máscara pelas alças, não tocar a parte da frente, orienta-se substituí-la a cada 3-4 horas ou período inferior, puxando pelas alças, e lavá-la imediatamente ou descartá-la em local adequado”, destacou.

Como descartar luvas e máscaras?

– Máscaras, luvas e lenços de papel usados – mesmo que preventivamente – devem ser descartados no lixo do banheiro em sacos resistentes, bem vedados, com 2/3 da capacidade;

– Pessoas com suspeita ou contaminação confirmada devem descartar todos os seus resíduos, incluindo os recicláveis, para a coleta comum. Em sacos resistentes, com 2/3 da capacidade;

– Os sacos devidamente fechados devem ser colocados dentro de um 2º saco, devidamente fechado.

Coleta seletiva

Atualmente, a coleta seletiva em Cotia é realizada em cerca de 12 bairros, 80 condomínios e 95 empresas. Os moradores contam ainda com um Posto de Entrega Voluntária (PEV) em Caucaia do Alto e outros três na região de Cotia e Granja Viana. Por meio de uma parceria entre a Prefeitura e a Enob o material coletado na região de Cotia e Granja Viana é destinado para a Coopernova. Já o material deixado no PEV de Caucaia vai para a Cooper Luxo do Lixo.

PEV Caucaia do Alto: Av. Luiz Sacramento, ao lado da Regional de Caucaia.

PEV Supermercados Pedroso: Av. Prof. Manoel José Pedroso, 340

PEV Pão de Açúcar – (Granja Viana): Rodovia Raposo Tavares, S/N km 23,5

PEV Assaí Cotia: Estr. do Embú, 162 – Jardim Torino

Saiba mais sobre a coleta seletiva em https://www.coopernovacotiarecicla.com/

Posts Relacionados

Hospital Veterinário de Osasco será entregue no dia 23

Alessandro Belcorso

Conta no Instagram que auxiliava no tratamento da AME de Arthur Sales foi hackeada

Bruno Schwabenland

Barueri irá testar para covid-19 pessoas acima de 60 anos

Bruno Schwabenland

DEIXE UM COMENTÁRIO

https://api.clevernt.com/cde5a1b4-43aa-11eb-9861-cabfa2a5a2de/