15 C
Osasco
18 de junho de 2021
Cidades Esporte

Paulistão Série A2: o olhar mágico da fotografia esportiva traz brilho a competição

A fotografia esportiva exige preparação e antecipação para captura as  imagens certas em momentos cruciais de uma competição.
Michel Lambstein – caricatura feita por
@marangoni_chargista. Foto: Instagram/Reprodução

Sabe aquela imagem histórica do seu time? Quando a equipe levantou aquela taça de campeão? Nada seria possível senão fosse a percepção do fotografo espotivo. No ramo da profissão é considerado um dos nichos mais desafiadores devido a sua natureza dinâmica. Esta modalidade não é uma das mais fáceis , necessita  de boa concentração e percepção além de conhecimento técnico (aperfeiçoar as técnicas na fotografia).

Não se pode negar que a fotografia tenha um valor de memória,  tanto individualmente e coletivamente. Servem para a recordação de fatos marcantes, estes fatos podem  simples (o registro da equipe na concentração) ou acontecimentos de grande importância ( uma partida histórica ou a conquista de um título).

Conheça os trabalhos dos fotográfos que trazem brilho a competição:

Oeste Barueri:

Neste Campeonato Paulista Série A2, contamos com os olhares atentos dos brilhantes profissionais, que nos apresentam um olhar mágico que muitas das vezes não são perceptíveis na trasmissão televisiva.  Para os torcedores do Oeste Barueri contamos com o olhar e o clique apurado de Alex Caús: os bastidores da equipe (antes e depois dos jogos), lances da partida e o mais importante a captura das emoções do atletas.

O belissímo uniforme azul que o Rubrão jogou contra o Rio Claro pela 15ª rodada. Foto: Alex Caús/ Oeste FC
O belissímo uniforme azul que o Rubrão jogou contra o Rio Claro pela 15ª rodada. Foto: Alex Caús/ Oeste FC

Atibaia: 

O Falcão é o caçula da competição sendo fundado em 12/12/2005, aos poucos a equipe vai conquistando os moradores da cidade e neste pouco tempo de vida tem enchido os torcedores atibaienses de orgulho. A boa campanha que o Sport Club Atibaia tem feito nesta primeira fase e o glamour estão nos registros de Gustavo Muniz, que tem como finalidade eternizar estes momentos de 2021.

São Bernardo FC 1×0 Atibaia. Jogo válido pela 1ª partida das quartas de final. Foto: Gustavo Muniz/SC Atibaia
São Bernardo FC 1×0 Atibaia. Jogo válido pela 1ª partida das quartas de final. Foto: Gustavo Muniz/SC Atibaia

São Bernardo Futebol Clube: 

A equipe é recente na história da cidade do ABC com a fundação em 20 de dezembro de 2004, neste pouco tempo alcançou o Paulistão Série A1 (2010) e no cenário nacional disputou a Copa do Brasil por duas vezes (2013 e 2014).  Os torcedores do Tigrão do ABC podem se sentir bem mais perto do seu time e uma forma de aproximação é por meio das fotos que os torcedores São Bernardo Futebol Clube enxergam momentos mágicos e o responsável é o Gabriel Goto que tem uma sólida experiência no futebol: passou pelo Paulista de Jundaí (2005 a 2014) e chegou ao Tigrão em 2018.

No Primeiro de Maio o Tigrão vence o primeiro confronto das quartas-de-final. Foto: Gabriel Goto/ São Bernardo FC
No Primeiro de Maio o Tigrão vence o primeiro confronto das quartas-de-final. Foto: Gabriel Goto/ São Bernardo FC

Clube Atlético Juventus:

Ser Juventus não se explica se sente! O Manto Juventino carrega consigo toda uma história, ao vesti-la  é uma forma de herdar a vontade dos primeiros italianos que sonharam, dos primeiros jogadores que sonharam em ver o grande Juventus, dos primeiros registros  para perpetuar a memória histórica. Mooca é Mooca e o resto é bairro, mêo. Os mooquenses contam com o tradionalíssimo: Clube Atlético Juventus que faz parte da identidade local. Nesta pandemia a forma de se sentir mais próximo do Moleque Travesso é viajar pelas imagens e Ale Vianna nos convida a viagem.

Com gols de Alfredo e Rubens, Juventus vence o E.C. São Bernardo por 2×1.
Com gols de Alfredo e Rubens, Juventus vence o E.C. São Bernardo por 2×1.

XV de Piracicaba:

O XVZÃO  conta uma excelente equipe que atua fora das 4 linhas, a equipe é o orgulho do coração piracicabano. A paixão começou desde o momento da inauguração em 1913 e este sentimento pelo XV de Piracicaba atravessa gerações e os baluartes para os registro são os fotográfos: Élcio Fabretti e Michel Lambstein. Embora não seja fotografia, mas não se pode esquecer do mascote Nhô Quim está eternizado nas mãos talentosas do chargista Marangoni.

XV de Piracicaba e Oeste. Foto: Michel Lambstein/ XV de Piracicaba
XV empatou em 0 a 0 com o Atibaia, na tarde do último sábado, no Barão (foto: Elcio Fabretti)

Água Santa: 

A equipe do Água Santa carrega o orgulho de ser Diadema, começou no “terrão” e carrega o nome da cidade em competições profissionais. E as imagens do orgulho de ser Diadema carrega consigo a memória e paixão pelo Netuno e Michel Sanches nos convida a sentir a emoção.

Água Santa vence a Portuguesa, por 2 a 0, e abre vantagem nas quartas de final. Foto: Michael Sanches/ EC Água Santa
Água Santa vence a Portuguesa, por 2 a 0, e abre vantagem nas quartas de final. Foto: Michael Sanches/ EC Água Santa

EC Taubaté: 

O nascimento da equipe foi celebrado com festa em Taubaté em 1914, o Gigante do Vale carrega consigo a paixão de uma cidade. A preservação de toda essa glória do Burro da Central ou Burrão como é chamado pela fanática torcida do EC Taubaté,  este registro da história, por meio dos seus cliques mágicos está por conta de Caíque Toledo e Bruno Castilho.

O Taubaté está pronto para mais uma batalha no Joaquinzão contra o Rio Claro. Foto: Caíque Toledo / EC Taubaté
Touro vence em Taubaté pela última rodada da A2. Foto: Bruno Castilho / EC Taubaté

Portuguesa Santista ou Briosa: 

Na década de 1910 os jogos das colônias agitavam o litoral santista: Hespanha Futebol Clube (Jabaquara) e Portuguesa Santista ou Briosa. Este time tradicional foi um dos fundadores da FPF, junto com o próprio Jabaquara, Atlético Clube Juventus, etc. O momento mágico da Briosa foi em se posicionou contra o Apartheid em 1959 na África do Sul. A preservação deste centenário continua sendo produzida pelas mãos Fabrizio Neitzke, que traduz por meio das imagens o significado de torcedor da Briosa!

Em grande jogo, Briosa se despede do Paulistão A2 com um 3 a 3 contra o Água Santa. Foto: Agência Briosa/ Fabrizio Neitzke
EC São Bernardo 1 x 2 Portuguesa Santista – Partida válida pela 7ª rodada do Paulistão. Foto: Agência Briosa/ Fabrizio Neitzke

Portuguesa de Desportos:

A equipe foi fundada em 1920 a partir da fusão de 5 equipes de colônias portuguesas de São Paulo. A Lusa já viveu tempos áureos com conquista de títulos e a revelação de craques que marcaram a história. Desde 2013 quando caiu no Campeonato Brasileiro da  Série A, o clube viveu momentos conturbados. Atualmente a Portuguesa de Desportos está querendo reconstruir o seu passado de glórias, mas se depender da apaixonada torcida: a equipe que foi considerada a quinta força do futebol paulista vai voltar a brilhar como sempre fez! Nas galerias da  Lusa é possivel a sua história rica e atualmente na preservação deste legado estão nos flashs de Dorival Rosa. 

Na partida de ida das quartas de final do Paulistão A2, a Lusa perde por 2 a 0 para o Água Santa em casa. Dorival Rosa | Portuguesa
Na partida de ida das quartas de final do Paulistão A2, a Lusa perde por 2 a 0 para o Água Santa em casa. Dorival Rosa | Portuguesa

Grêmio Osasco Audax:

Fundado como o nome de Pão de Açucar em 1985, o time disputou a sua primeira competição oficial em 2007, quando estreou pela Segunda Divisão do Campeonato Paulista. Quando mudou para nomenclatura atual: Grêmio Osasdo Audax conseguiu o sonho de disputar o Paulistão Série A1 entre 2014 a 2017 (neste último ano veio a primeira queda para A2). A apaixonada torcida sonha em reviver os velhos tempos, mas para preservar toda essa trajetória, o Audax vem construindo a sua história que está representada por meio de fotos.

Portuguesa vence Audax e está classificada para as quartas de final da Série A2. Foto: Grêmio Osasco Audax/ Reprodução
Portuguesa vence Audax e está classificada para as quartas de final da Série A2. Foto: Grêmio Osasco Audax/ Reprodução

Rio Claro

O Rio Claro Futebol Clube fundado em 1909 é o terceiro clube profissional mais antigo do Estado de São Paulo.  A rivalidade na cidade e tão grande, conhecido como clássico dos “galos”: Galo Azul conhecido como Azulão e do time adversário é o Galo Vermelho (Velo Clube), agita os torcedores rio-clarenses. Neste esquadrão centenário o escudo do time passou por muitas evoluções: representa carregar o legado de várias gerações. O Azulão já disputou a elite do Paulistão Série A1 e a primeira competição nacional (Brasileirão Série C). Os registros são importantes e sem estes parecem que as partidas se tornaram “invisíveis” existindo apenas nas súmulas da Federação Paulista de Futebol.  Para a continuação deste legado confira os belos cliques:  @xequemarketingdigital/ Tom jr

Cliques da vitória da primeira partida das quartas de final, fora de casa. Red Bull 1 X 2 Rio Claro FC. Foto: XequeMarketingAgência/ Tom Jr.
Cliques da vitória da primeira partida das quartas de final, fora de casa. Red Bull 1 X 2 Rio Claro FC. Foto: XequeMarketingAgência/ Tom Jr.

Velo Clube

A história do Velo Clube no futebol começou em 1920 com a fusão com o Comercial um outro time da cidade. Quando foi fundado em 1910 era destinado como um clube de ciclismo. Em sua história revelou grandes nomes que foram motivos de orgulho para a cidade de Rio Claro. O símbolo de raça da equipe é o Galo Vermelho: o clássico majestoso dos galos para a cidade de Rio Claro! Infelizmente Derby Rioclarense nunca foi disputado no Campeonato Paulista da Série A1, mas ambos protagonizaram jogos com goleadas históricas. Um jogão do clássico majestoso que foi disputado em Santa Bárbara D’Oeste, que terminou 4 a 3 para o outro galo e este que entrou para a história, contou com os belos registros fotográficos: Jabes L. Poletti

E o Dérbi encerrou com o placar de 4X3. O jogo marcou a volta do Campeonato Paulistão Série A2 e aconteceu na cidade de Santa Bárbara D’Oeste. Gols de Caio Vieira e Lucas Duni. Foto: Jabes L. Poletti
E o Dérbi encerrou com o placar de 4X3. O jogo marcou a volta do Campeonato Paulistão Série A2 e aconteceu na cidade de Santa Bárbara D’Oeste. Gols de Caio Vieira e Lucas Duni. Foto: Jabes L. Poletti

Posts Relacionados

Dia da Bandeira terá solenidade no Calçadão

Alessandro Belcorso

Secretaria de Saúde de Osasco promove curso de capacitação sobre protocolo de Pré-Natal de Baixo Risco

Redação

Butantan confirma liberação de insumos para mais 5 milhões de vacinas contra a COVID-19

Bruno Schwabenland

DEIXE UM COMENTÁRIO

https://api.clevernt.com/cde5a1b4-43aa-11eb-9861-cabfa2a5a2de/