29.8 C
Osasco
3 de dezembro de 2020
Esporte Osasco

Osasco pelo 15º título do Campeonato Paulista nesta terça-feira (20)

Osasco / São Cristóvão Saúde luta a última batalha pelo seu 15º título do Campeonato Paulista nesta terça-feira (20).
Osasco / São Cristóvão Saúde luta a última batalha pelo seu 15º título do Campeonato Paulista nesta terça-feira (20). Foto: João Pires/Fotojump

Osasco / São Cristóvão Saúde luta a última batalha pelo seu 15º título do Campeonato Paulista nesta terça-feira (20). Para levantar o troféu de campeã, a equipe comandada pelo técnico Luizomar precisa de uma vitória sobre o Sesi Bauru na partida que começa às 21h30, no ginásio Panela de Pressão, em Bauru (com transmissão do Sportv 2). Se conseguir, fecha a série final com o placar de 2 a 0. Em caso de resultado positivo das donas da casa, a decisão estadual será no Golden Set, uma parcial extra disputada logo após o jogo desta terça.

O time Tandara, Jaque, Camila Brait e cia. está em vantagem no playoff graças à vitória conquistada na noite de sábado (17), no José Liberatti. Em um jogo de cinco sets, fez valer o fator casa e bateu o Sesi por 3 sets a 2, parciais de 25/15, 21/25, 25/18, 18/25 e 16/14 em 2h08min. O resultado acabou com a invencibilidade do adversário no Campeonato Paulista 2020. “Sabemos que vai ser uma guerra dentro de quadra dentro da casa delas. Bauru tem um time forte, mas também provamos a nossa força saindo na frente nessa final. Queremos muito esse título e não vamos parar de lutar até conseguir. Estamos unidas e focadas nesse objetivo”, garante a central Bia.

Para repetir a vitória sobre o Sesi, Osasco aposta novamente no saque e na relação bloqueio/defesa para gerar contra-ataques. “Tocamos em muitas bolas no primeiro jogo e nossa disposição defensiva, com certeza, fez muita diferença. Acreditamos sempre, não desistimos de nenhum bola e conseguir um resultado muito importante, que nos dá mais confiança para buscar esse título na casa delas”, afirma Tandara. “Como tenho dito, a nossa postura dentro de quadra mudou e mudou para melhor. Estamos mais concentradas e com paciência para não forçar as jogadas. Claro que precisemos seguir evoluindo, principalmente, para diminuir o número de erros bobos, mas estamos no caminho certo”, completa.

Outro ponto importante na vitória sobre Bauru, na primeira partida da final, foi o fator banco. Luizomar usou praticamente todas as atletas à disposição, que responderam bem à responsabilidade dentro de quadra. “A tônica da montagem do novo time do ciclo 2020/21 foi mesclar a experiência de jogadoras experientes e consagradas, como Jaque, Tandara, Camila Brait, Bia e Roberta, ao potencial de atletas jovens. Algumas delas nunca haviam vivido a experiência de jogar em um time de camisa pesada como o nosso e estão, jogo a jogo, entendendo o que isso representa. Esse grupo tem uma energia muito positiva. O resultado do trabalho da comissão técnica e o empenho das meninas em se entrosar e evoluir demonstram que vamos fazer uma grande temporada”, completa o treinador.

fonte: Melhor do Vôlei 

 

Posts Relacionados

Vitória 3 X1 Oeste – baianos seguem invictos no Barradão

Bruno Schwabenland

Albergue do Rochdale entra na fase final de conclusão

Redação

‘Cerca eletrônica’ reforça segurança em Osasco com novas câmeras e softwares inteligentes

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO