19 C
Osasco
19 de outubro de 2020
Esporte Osasco

Osasco aproveita inexperiência do São Paulo-Barueri, vence fácil, e está na final do Paulista de vôlei

Equipe de Luizomar de Moura joga bem e ganha segundo jogo da semifinal por três sets a zero.
Osasco está na final do Paulista de vôlei — Foto: Divulgação

Pelo segundo ano consecutivo, São Paulo-Barueri e Osasco fizeram um jogo decisivo pelo Campeonato Paulista. Mas, diferente do que aconteceu no ano passado, quando a jovem equipe de Zé Roberto surpreendeu e levou a taça, dessa vez, a equipe de Luizomar de Moura fez valer sua maior experiência e venceu o segundo jogo da semifinal por três sets a zero (25/15, 25/19 , 25/20).

Como já tinha vencido o jogo de ida, também por 3 a 0, o Osasco se classificou para a final. O adversário será o Sesi-Bauru, sensação da competição. A equipe de Dani Lins e cia ainda não perdeu nenhum jogo em todo o torneio. Os dois jogos da final estão previstos para os dias 17 de outubro (sábado) e 20 de outubro (terça-feira), às 21h30. Os locais ainda serão definidos.

+Saiba tudo sobre vôlei

O jogo

Com muita dificuldade de virar bolas, o São Paulo permitiu que o Osasco jogasse solto e rapidamente abrisse cinco pontos de vantagem no primeiro set (6 a 1). Tava tão difícil para o time de Zé Roberto fazer ponto de ataque, que isso só aconteceu quando estava 10 a 5, com Lorena, em bola de tempo. O Barueri até teve lampejos melhores no jogo, mas o Osasco, tranquilo, foi administrando até fechar o set em 25 a

O segundo set começou totalmente diferente. Mais ligado em quadra, o São Paulo abriu 4 a 1, em ace de Lorrayna. Mas voltou a errar muito e o Osasco empatou em 5 a 5 (quatro pontos em erros de Barueri). Em bloqueio de Tainara em Lorrayna, o Osasco abriu três pontos (12 a 9). Em mais um erro de ataque de Barueri, a vantagem foi pra seis pontos (16 a 10). Zé fez a inversão 5-1 e conseguiu uma reação. Em bloqueio de Maira sobre Tandara, o placar caiu para 16 a 14. Zé desfez a inversão, e a coisa desandou de novo para São Paulo. A vantagem do Osasco que era de dois pontos (20 a 18), virou um rápido 24 a 18. Aí foi só fechar em 25 a 19.

Mais uma vez, o São Paulo abriu vantagem de 4 a 1 no primeiro set, no saque de Karina. Não demorou para mais uma vez o Osasco empatar, em bloqueio de Jaque em Lorrayna. Os times foram se alternando no placar, até quase ao fim do set. Tandara explorou o bloqueio e fez 20 a 16, deixando o Osasco com um pé na final. Em ataque de Lorrayna para fora, o time de Luizomar de Moura fechou em 25 a 20.

fonte: Globo Esporte

Posts Relacionados

Creche Profª Sílvia Ferreira Farah passa por reforma e recebe novo playground

Redação

Hooker brilha, e Osasco bate Sesc/RJ no tie-break pela Superliga

Redação

Olimpíada é adiada pela primeira vez após acordo entre Japão e COI

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO