22 C
Osasco
29 de outubro de 2020
Barueri Cidades Cotia Itapevi Santana de Parnaíba

MP e Polícia fazem busca em cidades da Região Oeste

Segundo investigadores, houve fraude em licitações e comprar de testes rápido, do tipo IgG/IgM, com preços superfaturados

Uma operação que apura irregularidades na compra de testes de Covid-19 pelo governo do Distrito Federal foi deflagrada no início da manhã desta quinta-feira (2), cumprindo mandados de busca e apreensão em residências e empresas nas cidades de Santana de Parnaíba, Barueri, Itapevi e Cotia.

As investigações apontam suspeita de superfaturamento nas compras e de baixa qualidade dos testes, que podem dar falso resultado negativo.

A operação cumpre 74 mandados de busca e apreensão em mais de 20 cidades em 7 estados.

A operação, que foi denominada “Falso Negativo”, começou após investigação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público, e tem apoio da Polícia Civil no DF e nos demais estados.

O prejuízo aos cofres públicos com as compras superfaturadas é estimado, segundo a investigação, em cerca de R$ 30 milhões, de um total de R$ 74 milhões em compras.

São investigados os possíveis crimes de fraude a licitação, organização criminosa, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e cartel.

Segundo investigadores, servidores da Secretaria de Saúde do DF se organizaram para fraudar licitações e para comprar testes rápido, do tipo IgG/IgM, com preços superfaturados.

Ainda segundo a investigação, houve troca de marcas de testes por outras de qualidade inferior, o que contribui para o resultado falso negativo.

Fonte: G1

 

Posts Relacionados

Pet Day para adoção acontece no sábado, 30/3

Redação

Barueri oferece cursos de educação ambiental da Sema – todos gratuitos – Inscrições abertas

Alessandro Belcorso

Fundo Social e Prefeitura realizam novas entregas do “Mãe Cotiana”, “Novo Olhar” e “Além do Som”

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO