14.5 C
Osasco
23 de junho de 2021
Cultura

Livro ficcional recria parceria de Raul Seixas & Paulo Coelho

Em tempos de pandemia, uma doce utopia ou ficção não faz mal a ninguém. E é isso que o seleto escritor, poeta, crítico literário e jornalista cultural cearense, Cláudio Portella, oferece como alento e colírio para leitores apaixonados por música e biografias. 
Capa do Livro “Maresia do Rock”/ Divulgação

 

Indo na contramão do óbvio “Toca Raul” e de memórias repetidas, Portella reescreve a história de Raul Seixas e Paulo Coelho no romance ficcional “Maresia do rock: Recriada parceria de Raul Seixas & Paulo Coelho”, publicado pelo selo Edições CP.

O livro situa os lendários amigos em uma realidade paralela, marcada por poesia e vários personagens que redesenham as figuras históricas do rock nacional. A história se delineia em quase 100 páginas,  que transporta fãs e curiosos para uma lógica “nonsense” sobre o Raul Seixas tão aclamado pela mídia e mitificado como o “Maluco Beleza”,  considerado  até hoje um dos pioneiros das guitarras pesadas e chamado de “Pai do Rock Brasileiro”.

Em entrevista exclusiva para o Portal Oeste Paulista, o escritor revelou a influência de Raul Seixas e Paulo Coelho em sua escrita e as possíveis surpresas que os leitores terão ao largo da leitura. 

Confira a entrevista completa:

OP – Por que um livro de ficção sobre Raul Seixas e Paulo Coelho? Por admiração ou provocação?

Na ficção tudo cabe, até admiração e provocação. A literatura é uma afronta a realidade. Então, por quê não? Gosto das canções do Raul. Admiro o Paulo Coelho como letrista, não como escritor. Mas não sei dizer o que me levou a ter a ideia do livro; de repente me vi recriando a história e sendo guiado pelos domínios da ficção.

OP- Você presenteou Paulo Coelho com o livro, ou, ele soube do livro? Qual o posicionamento dele? O que achou?

Tive contato com ele no Twitter, desejou comprar o livro. Mas acabou não comprando e me bloqueando na tal rede social.

Cláudio Portella| Reprodução

OP – Na sua opinião, a história entre o cantor e o letrista é movida por folclores e histórias pouco reais?

Eles mesmos (Raul e Paulo) fantasiavam acerca da parceria deles. Eram bons de mídias e sabiam que isso era bom pros negócios. Ainda hoje o Paulo levanta falácia a respeito do Raul, como a que saiu num livro sobre o Raul (publicado em 2019) de que o cantor havia dedurado ele para os militares na ditadura.

OP – E, por fim, o que o público fã de Raul e Paulo Coelho pode encontrar ou se surpreender ao ler “Maresia do Rock”?

Os fãs, incluindo os de carteirinha, de Raul Seixas acolheram com carinho o volume. É o público que mais compra o livro, faz foto com ele e posta no Facebook. Eles sabem que é ficção, mas de alguma forma, são cativados pela história. Não tive retorno dos fãs de Paulo Coelho. Aproveito a deixa e aviso que podem se surpreenderem com a personalidade, mesmo ficcional, do mago, afinal não costumamos ouvir que a vida imita a arte.

O livro foi lançado em 2019, e custa R$40 (com frete). Para adquirí-lo, entre em contato diretamente com o autor pelo e-mail e telefone: [email protected] | 55 85 98848.4100

 

Posts Relacionados

Cena artística embuense emplaca na Bienal Naïfs do Brasil

Alessandro Belcorso

Abertas as inscrições para o Workshop de Danças Urbanas

Alessandro Belcorso

Secretaria Municipal de Cultura abre inscrições para os cursos 2019

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO

https://api.clevernt.com/cde5a1b4-43aa-11eb-9861-cabfa2a5a2de/