23.1 C
Osasco
26 de outubro de 2021
Cidades Osasco

Líder comunitária da Zona Norte tem trabalho reconhecido pela Câmara

A líder comunitária Nadege Alves da Silva, que atua na Zona Norte, teve o trabalho reconhecido pela Câmara Municipal de Osasco, em Sessão Solene na noite da última sexta-feira (3). Dona Nadege foi agraciada com um Cartão de Prata, em reconhecimento ao trabalho social que promove em favor da comunidade do Jardim D´Ávila.

A homenagem teve como proponente o Vereador Pelé da Cândida (PSC), por meio do Decreto Legislativo 04/2019, que reconhece o trabalho da líder comunitária em prol da população da cidade.

“Fico muito feliz em poder homenagear uma pessoa que conheço há muito tempo e que abre portas para a comunidade há muitos anos”, afirmou Pelé da Cândida, que defendeu o reconhecimento do trabalho das pessoas ainda em vida. “É muito pouco o que a senhora está recebendo, porque merece muito mais”, completou.

 

O Vereador De Paula (PSDB), que presidiu a solenidade, destacou o reconhecimento ao trabalho de dona Nadege pela população osasquense. “É uma homenagem muito justa, muito especial, que a senhora recebe em nome dos 700 mil habitantes de Osasco”.

 

Trabalho incansável

Dona Nadege, de 77 anos, é mineira de Januário e Osasquense de coração. Ela está na cidade desde meados dos anos 1970, quando deu início ao trabalho comunitário no Jardim D´Ávila, lutando por obras e melhorias para a população, como asfalto, luz, água encanada e outras benfeitorias.

 

Além da atuação como líder comunitária, a homenageada mantém um trabalho espiritual kardecista que amparar moradores do bairro com apoio espiritual e trabalhos sociais como dança e capoeira. Por muitos anos, manteve no bairro uma creche para auxiliar a população. No momento, o projeto está desativado, mas ela espera poder retomá-lo em breve.

 

Roseli Alves da Silva, que é filha da homenageada, falou sobre o trabalho incansável da mãe, que vai ao encontro da máxima “fazer o bem, sem olhar a quem”.

 

Após receber o Cartão de Prata, Nadege agradeceu a homenagem e justificou o trabalho com o amor que dedica ao próximo. A líder comunitária afirma ser um pouco “psicóloga”, por considerar a tarefa de ouvir como fundamental para ajudar o outro.

 

“É importante a gente valorizar o ser humano, a criança, o idoso, o adolescente e o jovem.  Não importa quem é, de onde veio, para onde vai. O que importa é servir na hora que a pessoa está precisando”, disse.

 

Para Nadege, seria fundamental que todas as pessoas pudessem crescer na vida, na espiritualidade, no amor e no respeito. “É o que está faltando para o nosso planeta”, concluiu.

Posts Relacionados

Osasco entra em estado de calamidade pública e terá Hospital de Campanha com 70 leitos

Redação

Estacionamento Digital já disponibiliza pagamento da zona azul com PIX em todo Brasil

Bruno Schwabenland

GCM flagra crime ambiental no bairro Tabuleiro Verde

Joseane Martins

DEIXE UM COMENTÁRIO

https://api.clevernt.com/cde5a1b4-43aa-11eb-9861-cabfa2a5a2de/