27 C
Osasco
18 de janeiro de 2022
Brasil Eleições 2018

Jairo Bolsonaro foi esfaqueado em ato político

O candidato a presidência Jair Bolsonaro (PSL) foi esfaqueado durante cumprimento de agenda em Juiz de Fora, em Minas Gerais. O político participava de um ato da campanha quando foi atingido na região do tórax.

Um vídeo divulgado na internet mostra o momento em que ele é levado nos ombros por apoiadores e encaminhado ao hospital. É possível ver, ainda, que um tumulto se generaliza e o público é contido por seguranças.

As primeiras informações indicam que o presidenciável passa bem. No Twitter, o filho dele, Flavio Bolsonaro, já se pronunciou sobre o caso e disse que o pai passa bem. “Graças a Deus foi apenas superficial e ele está bem”, escreveu.

Um médico da Santa Casa de Misericórdia informou à Globonews que o corte não foi grande, mas Bolsonaro estava pálido e passando por uma tomografia.

 

A Polícia Militar de Juiz de Fora também confirmou o esfaqueamento, que aconteceu na rua Halfeld, no centro da cidade. A corporação disse que um homem suspeito do crime foi preso em flagrante e levado para a superintendência da Polícia Federal na cidade mineira para prestar esclarecimentos

DIVULGAÇÃO/ POLÍCIA MILITAR Polícia Militar de Minas Gerais identificou o autor do ataque contra Jair Bolsonaro como Adélio Bispo de Oliveira

 

Confusão havia marcado visita ao hospital

Antes do ataque, tumultos, tensão e bate-boca marcaram a visita do presidenciável ao hospital filantrópico da Associação Feminina de Prevenção e Combate ao Câncer (ASCOMCER) e também um almoço com o candidato em um hotel em Juiz de Fora, Minas Gerais, nesta quinta-feira, 6.

Pacientes idosos em tratamento contra a doença tiveram dificuldade para entrar na unidade, devido a um cordão de isolamento feito por integrantes de um movimento  conservador da cidade. Vestidos de preto, eles se diziam policiais e afirmavam fazer “segurança voluntária” do candidato.

Posts Relacionados

Aprovado mais um projeto de Renata Abreu no combate à violência contra a mulher

Bruno Schwabenland

Senadores expressam pesar pela morte do jornalista Artur Xexéo

Bruno Schwabenland

Conta no Instagram que auxiliava no tratamento da AME de Arthur Sales foi hackeada

Bruno Schwabenland

DEIXE UM COMENTÁRIO

https://api.clevernt.com/cde5a1b4-43aa-11eb-9861-cabfa2a5a2de/