18.3 C
Osasco
5 de agosto de 2021
Osasco Política

Homenagem ao eterno Prefeito de Osasco Guaçu Piteri

O eterno prefeito de Osasco Guaçu Piteri, lutou ativamente pela emancipação política, fazendo parte da história osasquense  se tornando um ícone de popularidade, no meio social e político.
Homenagem ao eterno Prefeito de Osasco Guaçu Piteri . Foto: Acervo familiar

Antônio Guaçu Dinaer Piteri (Pindorama, 06 de abril de 1935 – Osasco, 06 de junho de 2021), filho de Domingos Piteri e de Alice Piteri (filho de imigrantes italianos) veio com a sua família para o distrito de Osasco (antes era Distrito de São Paulo), na década de 1940.  A sua família instalou no KM 18 a Padaria do Povo foi nessa época que passou a se chamar Guaçu, no estabelecimento familiar começou a se interesser por assuntos políticos e anos mais tarde adotou o nome que o fez conhecido na cidade: Guaçu Piteri.

Engenheiro-agrônomo pela Escola Superior de Agricultura Luís de Queirós, da Universidade de São Paulo (USP), em 1959, concluiu o mestrado em sociologia rural na Cornell University, nos EUA, em 1963.

Funcionário do Instituto Brasileiro de Reforma Agrária (IBRA), foi um dos fundadores da Associação Brasileira de Reforma Agrária (ABRA), entidade civil criada em setembro de 1967, no Rio de Janeiro, por profissionais ligados à agricultura e dirigentes sindicais com o objetivo de promover os princípios estabelecidos no Estatuto da Terra.

Guaçu, Chela, Claudio e Laura.
Foto Rômulo Fazanaro
Acompanhe a trajetória do eterno prefeito: livro Sonhar é preciso

É autor do livro SONHAR É PRECISO – Comunidade e Política nos Tempos da Ditadura, publicado pela Edifieo. Essa obra descreve toda a trajetória do eterno prefeito de Osasco, Guaçu Piteri. Recebeu a educação familiar de acordo com os santos preceitos da igreja católica, não tem vergonha de professar a sua fé em público e tem orgulho em dizer que é um cristão católico.

Nossa vida acadêmica foi marcante o período em que estudava no curso científico do Liceu Coração de Jesus no ano de 1953. O decorrer da vida conheceu pessoas importantes, por exemplo, o secretário da Justiça Oscar Pedroso horta e o governador de São Paulo nos anos 50 Jânio Quadros.
Lembra até hoje a participação do Baile do Cinquentenário do centro acadêmico, na foto da época apareceu com o deputado Leônidas Ferreira.

Como todo brasileiro é apaixonado pelo futebol, não foi diferente com Guaçu que tentou jogador profissional atuando pela equipe do 15 de Novembro no ano de 1956. Vai avançando em seus estudos: o término do curso científico no Colégio Coração de Jesus no ano de 1954 e neste mesmo período a comemoração do quarto aniversário da cidade de São Paulo.

Antigamente os osasquenses eram subordinados a capital Paulistana, com a construção da estação da linha férrea na época do italiano Antônio Agú, foi atraindo um grande número de trabalhores. Diante dessa mudança de cenário econômico os moradores aspiravam pela emancipação política.

Manifesto pela emancipação política de Osasco

O futuro prefeito sonhava em ver Osasco separado administrativamente de São Paulo e participou ativamente para a emancipação política. Não consegue esquecer o comício realizado pela autonomia de Osasco no Largo da estação, nestas lembranças fotográficas ao fundo o tradicional Restaurante Coutinho. A população da época estava engajada na causa a passeata dos Estudantes e no histórico dia 19 de Fevereiro foi aceso junto a pira o fogo sagrado da Pátria.

1958 - Manifestação Pró-EmancipaçãoFoto: Câmara Municipal de Osasco1959 - Manifestação pelo "sim" à emancipação. Foto: Câmara Municipal de OsascoFoto histórica da concentração de autonomistas ao lado da pira olímpica, simbolo da heróica batalha da emancipação de Osasco.Fonte: Acervo de Leila Leite da Silva
O histórico MDB de Osasco em 1978 e a defesa da democracia

Na Ditadura militar já era um político atuante: lembra como se fosse hoje da histórica campanha do atual MDB em Osasco no ano de 1978. Contou com a presença do futuro presidente Fernando Henrique Cardoso e o Ulysses Guimarães que anos mais tarde participou da redemocratização do Brasil com a constituição cidadã de 1988.

Eleições paradigmáticas de 1978. Último Comício. Largo de Osasco com mais de 100 mil pessoas. Mar de gente transbordando da praça entrando pela Maria Campos, Melvin Jones, Primitiva Vianco, Antonio Agú, João Batista, Rua da Estação.
Piteri era uma voz da resistência em um período conturbado para a história do Brasil: atuou de forma veemente a favor da democracia, e um fato muito marcante foi o assassinato de Vladimir Herzog nas dependências do Doi-codi no ano de 1975

Comício histórico do MDB em Osasco no ano de 1978 Foto: Sonhar é preciso (livro)/ReproduçãoCampanha histórica do MDB em Osasco, em 1978. Foto: Blog Guaçu Piteri/ReproduçãoFernando Henrique Cardoso, Bruna Lombardi, Ulysses e Guaçu. Foto: Blog Guaçu Piteri/Reprodução
Política 

Participou da campanha de emancipação política de Osasco, que aconteceu no dia 19 de fevereiro de 1962. Tinha uma forte ligação com o governador Jânio Quadros (governou São Paulo nos anos de 1950), ingressou no recém criado Movimento Democrático Brasileiro (MDB) em 1966 (oposição a Didatura Militar Brasileira), que futuramente se chamaria PMDB, mas com retornou ao passado com o antigo nome (MDB), para aplacar a crise de imagem e de olho nas eleições de 2018.

Prefeitura (1º mandato)

A sua posse foi celebrada em grande estilo e a noite de 1966 está na memória o grande culto ecumênico na Praça Duque de Caxias. Milhares de pessoas compareceram para festejar a posse do Prefeito e do Vice Guido Collino e dos 20 vereadores.

Foi o segundo prefeito de Osasco, o seu antecessor se chamava Hirant Sanazar (filho de imigrantes armênios) e o seu sucessor foi o professor José Liberatti (natural de São Manuel -SP e ocupou o cargo de secretário de Educação no governo Guaçu Piteri e assumiu a cadeira de prefeito em 1º de fevereiro de 1970).

Piteri governou a cidade no período de 1º de fevereiro de 1967 a 1º de fevereiro de 1970. Sua obra mais importante foi fundar, com auxilio do Bradesco, a Fundação Instituto Tecnológico de Osasco que abrigava os cursos de Ciências Econômicas e Administrativas e o Conservatório de Música e Dança Villa Lobos.

Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP)

Ao final do mandato, Piteri concorreu a uma cadeira de deputado estadual nas Eleições estaduais em São Paulo em 1970.  Foi eleito para ocupar a 7ª legislatura no período de 1º de fevereiro de 1971 a 1º de fevereiro de 1975.

Prefeitura (2º mandato)

Foi o quinto prefeito de Osasco, o seu antecessor se chama Francisco Rossi (eleito prefeito por duas vezes: 1973-1977 e 1989-1993) e o seu sucessor Humberto Parro (natural de Valparaíso é professor e político).

Câmara dos Deputados: Deputado federal por São Paulo na 45ª legislatura 

Mandatos (na Câmara dos Deputados):

Deputado(a) Federal – 1975-1977, SP, MDB, Dt. Posse: 01/02/1975.

Atividades Parlamentares:

CÂMARA DOS DEPUTADOS – Legislaturas anteriores à 54ª:COMISSÕES PERMANENTES: Agricultura e Política Rural: Membro Efetivo, 1975.CPI: Destinada a investigar e avaliar a execução do programa de redistribuição de terras no Norte e Nordeste do País: Membro Suplente, 1975.

O eterno Prefeito de Osasco Guaçu Piteri. Foto: Acervo Familiar
Piteri promoveu importantes obras em sua gestão na prefeitura

Em sua gestão os espaços de madeira (escolas) deram lugar a prédios modernos para receber os alunos.
Inauguração do poliesportivo Domingos Piteri. 127 centro esportivos construídos no segundo mandato.
O Centro Esportivo de vivência Tomás Sacho na Vila Yara.
A saúde em Osasco e avançou bastante em seu período de governo com a inauguração é do pronto-socorro e Maternidade JK
Inauguração do pronto socorro do Rochdale
Inauguração do pronto socorro infantil

Melhorias na infraestrutura urbana

Para melhor implantação do novo sistema viário promoveu a canalização dos Córregos da região a saber: Bussocaba, João Alves e Carapicuíba
No seu primeiro mandato como Prefeito construiu o Largo de Osasco.
A inauguração da Praça Antonio Menck e nesse dia estava presente o professor José Liberatti.
Foi marcado pela construção de viadutos para melhorar o trânsito na cidade: Viaduto Inês Colino, sistema viário Tancredo Neves um exemplo de continuidade da gestão Municipal (Rossi, Guaçu e Parro). Outros viadutos foram construídos também.
A duplicação da Avenida dos automobilistas e atualmente é a mais importante da Cidade.
Inauguração da Estação Ferroviária

A carreira política de Piteri iniciou em 1966, quando concorreu ao cargo de prefeito ao lado de Guido Collino. Com uma bela trajetória política na cidade de Osasco, Piteri  concorreu a uma cadeira de Deputado Estadual de São Paulo em 1970, sendo eleito com 28.458 votos (a maioria da cidade de Osasco). Após um período na Assembléia Legislativa de São Paulo, Piteri foi eleito Deputado Federal na Legislatura 1975-1979, a qual renunciou para assumir a Prefeitura de Osasco-SP, em 01 de fevereiro de 1977

Franco Montoro e Ulysses Guimarães visitam autoridades de Osasco (1978)
O senador Franco Montoro e o deputado Ulysses Guimarães visitam autoridades de Osasco. Da esquerda para a direita: Franco Montoro, Ulysses Guimarães, Jair Assaf (vereador de Osasco), Guaçu Piteri (prefeito de Osasco), Jair Sanches (vereador de Osasco) e o Reginaldo Valadão (deputado estadual de São Paulo por Osasco). Acervo de Jair Assaf

Câmara Municipal de Osasco. Imagem histórica cedida pelo vereador Jair Assaf à Câmara Municipal de Osasco através do ofício 54/06 de 13 de setembro de 2006. Nove fotografias que mostram momentos históricos e importantes da cidade de Osasco. Para conhecer a coleção de fotos políticas da CMO (Clique Aqui)

Confira a galeria do Prefeito Guaçu Piteri

Na política colecionou boas amizades, por exemplo, com Francisco Rossi (Arena) e Guaçu Piteri (MDB), o respeito que sempre cultivou pelo ser humano é o que solidificou os laços de amizade de ambos. O atual prefeito de Osasco Rogério Lins contou com o apoio desta ilustre figura para a sua reeleição e pode aprender muito com Guaçu.

Portanto Guaçu Piteri era dotado de grande alegria, generosidade e amor ao próximo. Segundo familiares e amigos próximos o eterno prefeito possuia um senso de humor, a sua alegria espantava toda a tristeza do ambiente.  Quem o conheceu de perto não tem palavras para descrevê-lo: sempre foi ativo e cheio de vida (no período do câncer não se entregou, pois transbordava dentro de si a força da vida).  Tinha uma alma refinada nunca ouviu de sua boca palavras amaldiçoando ou desejando mal as outras pessoas.

Vejam as entrevistas do Prefeito Guaçu Piteri: 

Memórias do Poder Lelislativo, Guaçu Piteri, 24/08/2014

Guaçu Piteri fala do amigo Celso Giglio e lamenta morte de Gloria

Memória do Legislativo Guaçu Piteri – Bloco L01

Fala a verdade 24 – Guaçu Piteri – 21/07/15

Fala a verdade 103  15/07/16- Guaçu Piteri/ Edú Eder

Posts Relacionados

Prefeito Elvis Cezar acompanha etapa final da obra do Túnel da Praça da Paz

Bruno Schwabenland

Secretaria Municipal de Educação promove a Semana D da Leitura

Bruno Schwabenland

Parque Tecnológico Santana de Parnaíba Alphaville o 1º da Região Oeste Metropolitana

Bruno Schwabenland

DEIXE UM COMENTÁRIO

https://api.clevernt.com/cde5a1b4-43aa-11eb-9861-cabfa2a5a2de/