25 C
Osasco
22 de outubro de 2021
Cidades Osasco Política

Governo Rogério Lins é rejeitado pelo povo de Osasco

Segundo pesquisa, gestão bate recorde de rejeição e atinge 77% na soma das respostas para péssimo, ruim e regular

A má gestão do prefeito de Osasco, Rogério Lins, se reflete em pesquisa realizada pelo Instituto ABC Dados, que ouviu 500 moradores da cidade. A situação da administração municipal e do prefeito é delicada. De acordo com os dados, a Administração de Rogério é rejeitada por 37% dos moradores sendo que 22% consideram-na “péssima” e 15% “ruim”, e 40% “regular”. Outros 16% avaliam como “boa” e uma minoria de 3% como “ótima”.

Gráficos Editados

Quando indagado se “aprova” ou “desaprova”, a maneira como o prefeito Rogerio Lins está governando a cidade, 55% dos eleitores “desaprovam”, 13% “não responderam” e 32% “aprovam”. Para ilustrar esses dados, foi perguntado ao munícipe as razões da aprovação e da desaprovação. Foi contabilizado que 54,8% não lembraram um motivo para a aprovação. Dos que lembram, 7,0% citaram “creches” e 3,2% “melhorando a cidade”.

Gráficos Editados

Já os motivos para a desaprovação foram mais lembrados: para 24,2% o prefeito “não está fazendo nada”, 9,7% consideram a “saúde ruim”, 6,1% citaram que “não cumpriu as promessas”, 3,6% afirmaram que “a cidade está abandonada” e 3,2% alegaram que “faltam médicos”. Não citaram nenhum motivo 29,5%.

Avaliação dos setores da gestão
Em várias áreas pesquisadas, os serviços prestados foram reprovados. Confira os percentuais obtidos para as opções ruim e péssimo: “asfalto nas ruas da cidade” 56% , “saúde” 68%, “educação” 37%, “praças e áreas verdes” 41%, “trânsito” 49% e “segurança pública” 53%.

Quando o entrevistador indaga sobre “o maior problema da cidade de Osasco hoje”, 75,6% respondem que é a saúde. Seguido por “asfalto ruim”, “má qualidade da educação”, “transporte ruim” e “trânsito ruim” com os números respectivos 5,2%, 4,6%, 3,4% e 2,6%.

Quando perguntado “o que o prefeito Rogerio Lins fez de melhor nesses dois últimos anos de governo”, 81,6% não souberam responder, ou disseram que ele não fez nada. De positivo o item mais lembrado foi creche (4,0%), melhorou segurança (1,8%) e hospital veterinário (1,4%).

Gráficos Editados

Nesse quadro, o entrevistado é chamado a responder se o prefeito “renovou Osasco” visto ter sido esse o slogan da campanha de 2016. 76% responderam que “não renovou” e 18% diz que “renovou”.

Gráficos Editados

Fonte: Região Oeste

Posts Relacionados

Câmara de Municipal atualiza Galeria dos Presidentes

Redação

Emoção marca noite de prêmios do concurso Professor Inovador

Alessandro Belcorso

Prefeitura apresenta espetáculo Cheiro de Jabuticaba no domingo (2)

Joyce Araújo

DEIXE UM COMENTÁRIO

https://api.clevernt.com/cde5a1b4-43aa-11eb-9861-cabfa2a5a2de/