15.3 C
Osasco
22 de junho de 2021
Cultura

Frutos do gueto

Poemas são como flores: nascem até mesmo em meio a pedras e ao caos.

Frutos do Gueto

Quem te enganou
Dizendo que do gueto
Não nasce flor
Poesia e amor?

Quem te disse isso
Que o gueto não tem encanto
E também
Pontos turísticos?

Em meio a tantas vielas
Batem muitos corações
No gueto também tem romances
De lá também surgem canções

O gueto não é só dor
Assalto, bala e pavor
O gueto também tem risada
Crianças, muita batucada

Já vi a morte no gueto
Em becos, ruelas que passei
Vi também nascimentos
Filhos de gente do bem

Já vi de tudo na vida
Na zona sul, bandidagem
E aqui dentro do gueto,
Muita amizade e bondade

No gueto também nasce flor
Mas se fores no meu quintal
Verás poemas brotando
O gueto frutificando.

 

Posts Relacionados

Festival Soy Loco por Ti Juquery atrai população e ocupa espaços do complexo hospitalar

Alessandro Belcorso

Domingo (6) acontece o 1º Café Axé preparatório para o evento  Cultura de Paz e Não-Violência

Bruno Schwabenland

Alto da Colina recebe programação cultural gratuita em agosto

Joyce Araújo

DEIXE UM COMENTÁRIO

https://api.clevernt.com/cde5a1b4-43aa-11eb-9861-cabfa2a5a2de/