14.8 C
Osasco
23 de junho de 2021
Barueri Esporte

Em Barueri, CRB vence o lanterna Oeste como visitante pela primeira vez: 2 a 1

Triunfo marcou a estreia de Ramon Menezes no comando do Galo; com a vitória, Regatas salta da 11ª para a 8ª colocação e vê o G-4 mais perto
Galo venceu o Oeste pela primeira vez na história. Foto: Guilherme Drovas/ Oeste Barueri

Na estreia do treinador Ramon Menezes, o CRB bateu o Oeste fora de casa, pela primeira vez, nesta sexta (13).O triunfo no placar de 2 a 1, em partida válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, foi conquistado em Barueri, na arena que carrega o mesmo nome da cidade paulista. Claudinei e Orinho, contra, marcaram os gols do Regatas. Victor Lisboa anotou o único tento da equipe da casa

Com este resultado, o Regatas sobe na tabela e figura na 8ª colocação, com 29 pontos. Já o Rubrão, segue na lanterna da competição, somando apenas 8 pontos, 10 a menos que o Botafogo-SP, o primeiro à sua frente.

As equipes terão um intervalo de uma semana até seus próximos compromissos, no sábado (21), onde jogam em casa pela 22ª rodada da Série B. Às 19h, o Galo recebe o Náutico em Maceió, no Estádio Rei Pelé. Mais cedo, às 16h30, o time rubro-negro encara mais um desafio em Barueri, desta vez contra o Brasil de Pelotas, na arena que leva o nome da cidade.

Primeiro tempo

A partida começou com o Galo tomando conta da bola. Após quatro minutos de troca de passes, sem deixar o Oeste tocar na bola, o time regatiano recebeu uma falta na entrada da área, metros antes da meia lua. O estreante Wesley assumiu a cobrança e soltou uma bomba, aos 4, que saiu queimando o gramado e morreu nas mãos de Caíque França, que fez uma defesa em dois tempos no cantinho esquerdo da meta.

O Regatas continuou trocando passes e superior na posse de bola, mas achou dificuldades na forte marcação do time do interior paulista e não conseguiu chegar com muito perigo. Com isso, o time alvirrubro passou a apostar em ligações diretas, principalmente pelas pontas, mas continuou sem sucesso na ofensiva.

Tentando fugir da dificuldade para penetrar a zaga rubro-negra, o Galo passou a investir em triangulações pelas pontas. Deu certo! Aos 26 minutos, Luidy recebeu na ponta canhota sob forte marcação, rabiscou e enfiou uma grande bola para Igor Cariús. O lateral cruzou na pequena área, em meia altura, buscando Daniel Amorim, mas Orinho se meteu na frente e mandou contra o próprio patrimônio. Placar aberto na Arena Barueri: Oeste 0x1 CRB.

O Regatas iniciou em cima mostrou total domínio antes de chegar ao gol. Foto: Guilherme Drovas/ Oeste Barueri

O time da casa tentou amortecer o golpe, se lançou ao ataque e criou uma grande chance aos 28. Orinho, que marcou o gol contra, recebeu livre de marcação na entrada da área pela esquerda e chutou forte. A estrela de Victor Souza brilhou e o goleiro efetuou uma grande defesa, desviando a pelota em direção da lateral.

Com a intenção de acalmar o ímpeto dos rubro-negros, o Galo voltou a subir ao ataque e, aos 30, teve a sua segunda grande chance na partida. Em cruzamento de Luidy, Robinho encaixou um peixinho e Caíque França operou um milagre na bola que estava fadada a morrer no cantinho da caixinha do time paulista.

Logo após o lance, a partida ficou mais equilibrada, com as equipes revesando a posse da redonda. Aos 40, Léo Ceará levantou na área alvirrubra, Victor Souza errou a saída do gol e o Rubrão quase achou o empate. Segunda boa oportunidade dos paulistas na partida. Os rubro-negros continuaram no ataque, mas sem perigo.

A partida começou a ficar equilibrada após o gol do Galo. Foto: Guilherme Drovas/ Oeste Barueri

No finalzinho, aos 44 minutos, o Regatas cortou a investida ofensiva dos rivais e subiu com perigo. Reginaldo recebeu livre pela ponta direita, cruzou por baixo e encontrou o bico da chuteira de Robinho, que resvalou a pelota perigosamente no canto esquerdo de Caíque França. O árbitro adicionou mais um minuto à primeira parte do espetáculo, que acabou com a vantagem mínima do Galo. Fim da etapa inicial: Oeste 0x1 CRB.

Segundo tempo

A etapa complementar iniciou quente e, logo no primeiro minuto, as redes voltaram a balançar na Arena Barueri. Em cobrança de escanteio de Orinho, Yuri apareceu sozinho na marca do pênalti e tocou para o gol. Victor Souza fez uma grande defesa, mas Victor Lisboa aproveitou o rebote e empatou a partida para o time da casa. Tudo igual: Oeste 1×1 CRB.

Com o empate no placar e o equilíbrio na partida, o jogo passou a ser mais disputado. O Oeste assustou aos 16 minutos. Orinho chutou para o gol, mas a defesa regatiana afastou. No rebote, Victor Lisboa, novamente sozinho, tocou para o gol e guardou, mas o zagueiro rubro-negro estava ligeiramente adiantado e o assistente sinalizou o impedimento.

No segundo tempo, o Regatas conseguiu subir ao ataque apenas em jogadas pontuais. Foto: Guilherme Drovas/ Oeste Barueri

O Rubrão seguiu no ataque e, aos 20 minutos, finalizou novamente contra a meta regatiana. Bruno Alves desceu com velocidade, abriu espaço e arriscou para o gol. Victor Souza, atento, se posicionou no meio da meta e encaixou a pelota, que vinha queimando o relvado.

Após a chance criada pelo time da casa, o jogo passou a ser muito equilibrado no meio de campo, com avanços pontuais à ofensiva por parte das duas equipes. Com isso, o jogo passou a ser mais travado e perdeu muito em emoção. Depois da saída do trio de ataque, o Regatas não conseguiu criar boas chances na frente e teve dificuldades.

Mesmo com a dificuldade, o Regatas conseguiu subir e ficar à frente do placar novamente. Aos 40, Ramon Tanque chegou à linha do fundo e cruzar rasteiro. Bill aproveitou e chutou, mas a defesa atrapalhou e Raí Ramos cortou. A redonda sobrou na meia-lua da área para Claudinei, que, sozinho, acertou um lindo chute no cantinho. Galo na frente: Oeste 1×2 CRB.

Na reta final, o clima esquentou e os jogadores discutiram. Com a confusão, Ramon Tanque e Carlos Jatobá, que já tinha sido substituído, foram expulsos. A partida seguiu neste clima, mas o placar não se alterou ao final da segunda parte do jogo, que se esticou até os 51 minutos. Fim de jogo: Oeste 1×2 CRB.

No finalzinho, o Galo conseguiu faturar uma grande vitória longe de Maceió. Foto: Guilherme Drovas/ Oeste Barueri

Oeste – Caíque França; Raí Ramos, Victor Lisboa, Luanderson e Orinho; Lídio (Bruno Alves), Yuri e Caio Vinícius; Léo Ceará (Madson), Pedrinho e Fábio. Técnico: Roberto Cavalo.

CRB – Victor Souza; Reginaldo Lopes, Gum, Xandão e Igor Cariús; Claudinei, Wesley e Carlos Jatobá (Adsson); Robinho (Bill), Luidy (Ramon Tanque) e Daniel Amorim (Iago). Técnico: Ramon Menezes.

Árbitro – Lucas Paulo Torezin (PR).

Assistentes – Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) e Luciano Roggenbaum (PR).

fonte: Gazetaweb

Posts Relacionados

Audax Fecha A Conta Do Futebol Feminino Com Rebaixamento À A2 Do Brasileiro

Bruno Schwabenland

Osasco recebe o 41º Pro Fight MMA

Alessandro Belcorso

Prefeitura disponibiliza computadores e internet em casa para 2.300 alunos

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO

https://api.clevernt.com/cde5a1b4-43aa-11eb-9861-cabfa2a5a2de/