22.5 C
Osasco
29 de outubro de 2020
Osasco

COVID-19: Dobram número de mortos em Osasco em apenas 24 horas

O número de mortes causadas pelo coronavírus mais que dobrou, em Osasco, em 24 horas. Até sábado, a doença havia causado 2 óbitos na cidade. Já no domingo, o número subiu para 5.

Além disso, mais 20 mortes estão em investigação. São pessoas que apresentaram sintomas da doença e tiveram o quadro agravado, levando à morte, mas a confirmação ainda depende de resultado de teste pelo Instituto Adolfo Lutz.

Prefeito fez o anúncio em pronunciamento nas rede sociais

Prefeito fez o anúncio em pronunciamento nas rede sociais (Foto: reprodução redes sociais)

Há ainda 20 mortes em investigação. “O pico da pandemia será nos próximos 10 dias. A reclusão continua sendo muito necessária”, afirmou o prefeito Rogério Lins, que manteve o apelo para que pessoas continuem em casa. Boa notícia é que 22 pessoas já se curaram. “Estamos conseguindo tratar nossos pacientes, inclusive com medicamentos como hidroxicloroquina, azitromicina e tamiflu. Mas se tivermos um pico de casos, nem Osasco e nenhuma cidade do mundo terá condições de tratar seus doentes”, completou

 

Osasco soma ainda 48 casos confirmados da doença e outros 1514 em investigação. Esses pacientes estão em isolamento domiciliar ou internados, também aguardando resultados dos testes.

Lins alerta para pico de casos de coronavírus

Os números e o avanço da doença na cidade levaram ao prefeito Rogério Lins a fazer novo apelo, nas redes sociais, pela reclusão social por parte da população e também pelo cumprimento da quarentena pelo comércio.

“Estudos técnicos apontam que o pico da pandemia será nos próximos 10 dias. Então, toda reclusão continua sendo necessária. Os casos suspeitos estão em todos os bairros da cidade”, afirmou.

Lins também pediu que a população denuncie comércios que seguem funcionando irregularmente. A denúncia pode ser feita pelo telefone 156. E deixou um recado para pessoas que não estão cumprindo o isolamento. “Será que você, que não está seguindo recomendações adotadas em todo mundo, vai se perdoar se alguém da sua família, alguém que você ama muito, pegar o coronavírus e ficar em estado grave?”, questionou.

Quarentena deve continuar no comércio

O prefeito sinalizou ainda que a quarenta determinada pelo comércio, e que segue, inicialmente, até esta terça-feira, dia 7, deve ser prorrogada.

“Estamos aguardando determinação do Ministério da Saúde e do governo do Estado e também seguindo as recomendações da nossa Vigilância Sanitário e dos médicos infectologistas, que acompanham o quadro diariamente em Osasco. Depois que tudo isso passar, vamos correr atrás e trabalhar. Mas agora o momento é de preservar vidas. Se alguns desobedecerem, podem colocar em risco a vida de muitos”, completou.

Pacientes curados

O pronunciamento, nas redes sociais, também trouxe boas notícias. Dentre as pessoas que contraíram coronavírus na cidade, 22 já estão recuperadas.

“Além disso, a letalidade, em nossa cidade, está em torno de 2%,enquanto no Brasil é de 4% e em locais, como a Itália, chega a 12%. Estamos conseguindo tratar nossos pacientes, inclusive com medicamentos como hidroxicloroquina, azitromicina e tamiflu. Mas se tivermos um pico de casos, nem Osasco e nenhuma cidade do mundo terá condições de tratar seus doentes”, completou.

Fonte: Erica Celestini/webdiario

Posts Relacionados

Prefeito Rogério Lins divulga em seu Facebook o programa de combate ás drogas

Bruno Schwabenland

Grupo “Mulheres de Personalidade” promove ação social para arrecadar donativos

Bruno Schwabenland

Espaço Mãos do Futuro ganha Oficina de Corte e Costura

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO