29.8 C
Osasco
27 de outubro de 2020
Osasco

Coronavírus: Moradores de condomínio se mobilizam para ajudar idosos

Moradores de um condomínio de prédios se disponibilizam para ajudar quem está no grupo de risco da Covid-19. Fazer compras em mercados, padarias e farmácias,  ou até mesmo um simples ato de ir jogar o lixo fazem parte da ajuda dos voluntários.

A pandemia de coronavírus trouxe à tona a necessidade de empatia. Com fácil contágio, a Covid-19 exigiu que o ser humano tivesse mais cuidado consigo, mas também com o outro.E a prioridade de atenção tem sido os de idade mais avançada, pessoas que estão no grupo de risco da contaminação.

Em um condomínio residencial,  do centro de Osasco,  a solidariedade uniu moradores para darem assistência a quem pertence ao grupo de risco.Um grupo de moradores voluntários foi formado para oferecer ajuda aos vizinhos e facilitar a vida de cada um.

Com um comunicado, através do “Canal do Condomínio” e também exposto no grupo do whats-App, vários moradores se sensibilizaram e aderiram ao “Grupo Solidário” para oferecer ajuda a quem mais precisa.

Grupo do whats App criado para oferecer ajuda solidária

Veja o que diz o comunicado;

Se você está em quarentena por suspeita de contágio ou está na faixa de risco por favor entre em contato com a administração do condomínio para que possamos tomar as devidas providências. Esse grupo está disponível para o suporte a questões cotidianas tais quais, fazer compras de alimentos ou medicamentos, remover o lixo e outras ações que proporcionem o devido isolamento e a consequente prevenção do contágio do covid-19.

Além da ajuda em grupo, alguns profissionais estão oferecendo seus serviços gratuitamente visando dar maior atenção e conforto, principalmente os idosos.

É o caso da psicóloga July, que reside no condomínio há um ano e meio. “Eu acho super importante este tipo de ação, ainda mais nesse momento de grande vulnerabilidade. Como psicóloga, posso disponibilizar alguns horários para escutar as pessoas que estejam em sofrimento mental e com dificuldades de passar por essa situação. Posso oferecer gratuitamente a primeira conversa”, comentou a psicóloga clínica, doutora em Ciências pela UNIFESP – July Silveira Gomes.

Vale ressaltar que o condomínio, até o momento, não teve nenhuma confirmação para doença, embora possua três casos suspeitos que se encontram em restrita quarentena.

Coronavírus: infográfico mostra principais formas de transmissão e sintomas da doença — Foto: Infografia/G1

Esta não é a primeira ação visando ajudar ao próximo que o condomínio realiza. No mês de fevereiro, os moradores realizaram um mutirão para arrecadação de donativos, que foram entregues para as vítimas das fortes chuvas que castigaram o município de Osasco.

Além da solidariedade, os moradores podem contar com eventos de socialização no decorrer do ano; CarnAbrolhos, Arraiá, Halloween e o Boteco – são festas que acontece em datas comemorativa, entre os moradores, para que eles possam se confraternizar.

Posts Relacionados

Linha 9 Osasco-Grajaú ganhará novas estações nos próximo ano

Redação

Mutirão de Emprego atrai mais de mil pessoas

Redação

Patriotas com Gelso Lima declaram apoio ao Rogério Lins

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO