16.2 C
Osasco
9 de dezembro de 2021
Itapevi

Cidade discute cuidados e acolhimento na saúde mental

Ação acontece simultaneamente em outros municípios da região
Objetivo do encontro é criar um plano de ação em para atendimento dos casos de saúde mental – foto Célio Júnior PMI

 

Cerca de 55 profissionais da área de saúde mental de Itapevi participaram, na manhã da terça-feira (22), no auditório da Secretaria de Educação, do projeto “Acolhimento e Cuidado Compartilhado em Rede: Saúde Mental na Atenção Básica”. O objetivo do encontro é identificar e construir um plano de ação em rede para o atendimento dos casos de saúde mental na cidade.
A reunião faz parte do projeto Rota dos Bandeirantes, região de saúde, que é formada pelos municípios de Itapevi, Barueri, Carapicuíba, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus e Santana de Parnaíba. A ação é composta por quatro oficinas locais que acontecem simultaneamente em todos as cidades do projeto.
Nesta terça-feira, participaram os profissionais da cidade que atendem direta ou indiretamente os casos de saúde mental e de psiquiatria, em Itapevi. O tema da terceira oficina foi “Acolhimento, Fluxo e Matriciamento”. No dia 05 de novembro, acontece a quarta e última oficina do projeto.
Acolhimento
Em Itapevi, há três Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) que realizam cerca de 1,2 mil atendimentos por mês, entre consultas e grupos terapêuticos de acolhimento.
Além disso, existe o serviço de psicologia ambulatorial realizado em quatro unidades básicas de saúde, com atendimento cada um de cerca de 100 pacientes/mês. Fazem parte do quadro de saúde municipal psiquiatras que atendem nos CAPS, nas unidades básicas e no pronto-socorro central, além de psicólogos.
Os encaminhamentos psicológicos e psiquiátricos devem ser feitos por médicos da rede municipal de saúde.
Pessoas com menos de 18 anos devem ser acolhidas pelo Caps Infantojuvenil Ciranda (Ladeira Hugo Michelotti, 5, Centro). Telefone: 4621-3922.
Adultos com transtornos mentais aliados ao uso de álcool e drogas devem ser acolhidos pelo Caps AD Reconstruir (r. Arnaldo Sérgio Cordeiro das Neves, 235, Jd. Portela). Telefone: 4141-2148.
Jovens e adultos, que estejam passando por transtornos mentais, mas não fazem uso de álcool e droga, devem procurar atendimento no Caps Espaço Conviver (R. Eduarda Rios Trevisan, 105, Jd. Portela). Telefone: 4142-5595.

Posts Relacionados

Marcha para Jesus leva mais de 5 mil pessoas para as ruas

Alessandro Belcorso

Prefeitura de Itapevi conclui construção de ponte na divisa com Jandira

Redação

Igor Soares firma parceria com Fundação Itaú Social para melhorar educação de Itapevi

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO

https://api.clevernt.com/cde5a1b4-43aa-11eb-9861-cabfa2a5a2de/