18.5 C
Osasco
22 de outubro de 2020
Brasil

Cidade de Belágua, MA, do esquecimento a rota do trabalho missionário

Informações oficiais da cidade de Belágua, MA, contidas no site do IBGE tem como caráter informativo. Localidade esquecida pelo poder público estadual, mas por está na rota do trabalho missionário, projeto idealizado pelo casal evangélico (missionária Iolanda e pastor Osvaldo) que são membros da AD Feu Rosa (Serra – ES), que estão descrito brevemente na entrevista realizada por meio do WhatsApp.
Arquivo pessoal da missionária Iolanda Silva e o marido pastor Osvaldo. Levando cestas básicas as famílias desassistidas, de Belágua no Maranhão, após um despertar espiritual.

Consultando o site do IBGE é possível ter uma breve noção sobre a cidade, maranhense de Belágua, no ano de 2017, na área educacional é possível ver a miséria intelectual que impera. A nota do IDEB (anos iniciais e séries finais) é o aparelho para medir a “qualidade” da educação pública, pois o instrumento do cálculo: aprovação escolar e as notas obtidas nas provas do INEP (governo federal). Entretanto, os munícipes sofrem com a falta de políticas públicas em todas as áreas e o ensino tem sido penalizado!

Os indicadores econômicos são demonstrados em três moedas (Real, Dólar e Euro), as moedas estrangeiras são ferramentas de estatística para dados internacionais. A média salarial dos trabalhadores formais (1,8 salários mínimos) para 2 salários para facilitar os cálculos matemáticos. Na economia o PIB Per Capita é um indicador da análise socioeconômica da região, por exemplo, todos os salários são calculados e divididos pelo número da população. A grande problemática não se considera a desigualdade social e a concentração de renda. Observe a tabela abaixo:

Marcando o Brasil com o seu passado de absurdos gloriosos, geograficamente fica perto da região turística mais famosa: Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, Barreirinhas a Belágua — 3 h 5 min (109,8 km) via MA-225. Pela Constituição Federal, a famigerada população é obrigada a manter os gastos com a câmara legislativa municipal, que é composta por 9 vereadores, que é proporcional ao número de habitantes (cidade com até 47 619). Dinheiro que deveria ir para as políticas sociais e para a educação, são destinadas a manter esta máquina funcionando.

Para conhecer melhor a realidade  clique no link a seguir: Repórter Recórd Investigação – A Estrada da Fome – 23/03/15 – Completo

Mini entrevista

Jornalista do Oeste Paulista: Bruno Schwabenland.

Entrevistados: Missionária Iolanda Silva e Pastor Osvaldo.

Oeste Paulista: Respeitando as normas de isolamento social foi feito utilizando o WhatsaApp. Nesta noite teremos os entrevistados a missionária Iolanda Silva e o pastor Osvaldo.

Oeste Paulista: Boa noite tive a oportunidade de escutar a entrevista, dada pelo casal na rádio A Cor da Vida — 102,9 (FM). Gostaria de conhecer de perto esse trabalho.

Entrevistados: Boa noite, Bruno agradeço pelo seu interesse em divulgar o nosso projeto que tem o caráter missionário, pois além da parte espiritual será feito a assistência social (como fazia o Mestre Jesus).

Oeste Paulista: Para o nosso público conhece-los melhor e qual a igreja que frequentam?

Entrevistados: Somos da Assembleia de Deus — Ministério Hermon – Pastor presidente: Ademar Rodrigues Barbosa. Endereço: Rua Botão de Ouro, número 31. O bairro é Feu Rosa, na cidade de Serra no Espírito Santo.

Oeste Paulista: Como nasceu a ideia para ajudar a cidade maranhense de Belágua?

Entrevistados: Vou começar contar a história como tudo aconteceu no ano de 2018 na campanha presidencial e eu estava em Brasília atendendo as agendas. Fiquei hospedada na casa de uma filha minha na fé. Ao assistir um vídeo que está no Youtube mostrando a realidade de Belágua a cidade mais pobre do país, fez com que meu coração doeu de tal forma e sozinha em meu quarto, comecei a chorar dizendo: não é possível existir uma realidade desta, no Brasil.

Disse comigo mesma que iria pessoalmente ao município ajudar com 50 ou 100 cestas básicas. A pessoa evangélica que me hospedou na casa dela ao saber da ideia do meu coração me doou 20 cestas seria a primeira colaboradora para gente levar socorro as pessoas carentes. Conversei com o meu pastor sobre a ideia de prestar ajuda e o mesmo do próprio bolso nos deu R$ 1 000,00 e este valor convertido em dólar e euro corresponde respectivamente (USD 190,84) — (EUR 173,53).

Entramos em propósito de oração: eu, meu esposo e a minha irmã a missionária Nilda. Ao sentir o sinal de D’us Eterno partimos para conhecer de perto o povo Belaguaense, ao chegar no interior vimos as diferentes faces dos Brasis. Poderia afirmar que à terra “mente” não dá o seu fruto é tudo areia, não tem água potável, não existe energia elétrica e pude concluir que vivem abaixo da linha da pobreza (são desassistidos de tudo).

Então disse que não poderia ficar apenas em dar assistência com alimentos e precisaríamos montar um projeto (base) missionária para olhar para essas famílias carentes e não tem como irmos embora e voltar para o nosso Estado fingindo que nada aconteceu. A prova das nossas preces e sabendo o Eterno do real propósito em nosso ser, fomos agraciados com uma doação para comprar um terreno e fazer uma base que vai contemplar a dignidade humana.

Oeste Paulista: A informação supracitada foi baseada de acordo com o Censo e o seu trabalho de campo condiz ao menos o que está descrito?

Entrevistados: Deixa-me te falar Bruno que na região do Centro de Belágua pode ter pessoas que ganham R$ 500,00 e fazendo as conversões para as moedas: (USD 95,42) e (EUR 86,76). Mas no interior a realidade é duríssima: lá tem pessoas que tem 6 ou 8 filhos que não digo que vivem, todavia sobrevivem com duas ou três bolsas famílias para passar o mês (abaixo da metade do salário mínimo) e com a pandemia de Covid 19 os preços dos itens que compõem a cesta básica disparou. Um detalhe as compras duram em média 15 dias e no período restante, farinha com água para matar a fome.

Oeste Paulista: Agradecemos em nos atender neste momento da pandemia do Covid 19 e conhecer um projeto social para dar ao mínimo, qualidade de vida a estas pessoas invisíveis. Para conhecer mais informações o que é preciso fazer?

Entrevistados: Deus te abençoe pelo trabalho que está fazendo Bruno. Para conhecer o projeto visite a página do Facebook https://www.facebook.com/miss.iolandamjsilva e entre em contato conosco pelo WhatsApp: +5527999614491(Missionária Iolanda Silva) e +5531985622673 (Pastor Osvaldo)

 

Posts Relacionados

Bolsonaro suspende MP que autorizava suspensão de contrato de trabalho por quatro meses

Redação

Com muita garra Goias empata jogando com igualdade contra o atual campeão Paulista, Palmeiras

Jesse Brito

E o susto que o dólar deu hoje pela manhã?

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO