19.4 C
Osasco
23 de novembro de 2020
Esporte

Brasil de Pelotas 1 x 3 Oeste – Rubrão leva a melhor em jogo “estranho”

O primeiro tempo foi marcado pelas contusões graves dos meias Pereira e Wallace Pernambucano

Pelotas, RS, 22 (AFI) – Em um jogo marcado por lances fortes – Pereira e Wallace Pernambucano precisaram deixar o estádio de ambulância -, o Oeste se distanciou da zona de rebaixamento ao vencer o Brasil de Pelotas, por 3 a 1, na tarde deste sábado, no Bento Freitas, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Após encerrar um jejum de quatro jogos sem vitória, o Oeste chegou aos 38 pontos e subiu para a décima colocação, subindo quatro posições. Por outro lado, o Brasil de Pelotas estacionou nos 31 e, em 15º lugar, só não está na zona de rebaixamento porque tem uma vitória a mais (7 contra 6) que o Juventude.

QUE ZICA É ESSA?
Um lance triste aconteceu logo aos quatro minutos. Após cometer falta em Pedrinho, Pereira sofreu uma fratura exposta na canela esquerda e caiu no gramado sentindo muita dor. O camisa 10 do Brasil de Pelotas precisou deixar o estádio de ambulância devido a gravidade da lesão. Wallace Pernambucano entrou em seu lugar.

Como havia apenas uma ambulância no Bento Freitas, a partida ficou paralisada por 20 minutos até o retorno da mesma. O Brasil de Pelotas parece que ficou abalado com a lesão do meia e viu o Oeste abrir o placar aos dez (de bola rolando). Após boa troca de passes, Betinho recebeu dentro da área e chutou rasteiro.

O meia Mazinho fez um dos gols do Oeste na vitória sobre o Brasil de Pelotas neste sábado

ENTROU, SAIU

Na sequência, mais um lance forte. Wallace Pernambucano, que havia entrado no lugar de Pereira, se chocou de cabeça com Patrick, caiu desacordado e também precisou deixar o gramado de ambulância. Dessa vez, o jogo ficou paralisado por 15 minutos.

RUBRÃO AMPLIA

Em busca do empate, o Brasil de Pelotas partiu para cima do Oeste e assustou duas vezes com Michel. Na primeira, a cabeçada parou nas mãos de Tadeu. Depois, a bola saiu com perigo pela linha de fundo. Aos 28, Pedrinho recebeu de Marciel, cruzou rasteiro e Mazinho ampliou para o Rubrão.

Aos 35, o Oeste desceu em velocidade com Mazinho, que deixou para Pedrinho dominar e bater pela linha de fundo. Depois disso, o Brasil de Pelotas ainda tentou diminuir, mas sem sucesso.

UM GOL PARA CADA LADO

No começo do segundo tempo, o Brasil de Pelotas esboçou uma pressão em cima do Oeste, que aproveita os espaços para os contra-ataques. Os dois times, porém, encontravam dificuldades para criar jogadas perigosas. O clima esquentou aos 14 minutos após um bate boca entre Eder Sciola e Conrado.

Aos 18 minutos, Mazinho recebeu nas costas da zaga e bateu na saída de Marcelo Pitol. Rafael Dumas salvou em cima da linha. No rebote, mesmo com o gol aberto, Márcio Vieira chutou para fora. Aos 23, Marciel recebeu de Pedrinho dentro da área e finalizou rasteiro, fazendo o terceiro do Oeste no jogo.

Três minutos depois, Michel soltou a bomba e diminuiu para o Brasil de Pelotas. A bola ainda bateu no travessão antes de entrar. Depois disso, o jogo se encaminhou para o final sem maiores lances de emoção.

PRÓXIMOS JOGOS
O Brasil de Pelotas volta a campo na próxima terça-feira, contra a Ponte Preta, às 21h30, no Moisés Lucarelli, em Campinas. No sábado, o Oeste recebe o Sampaio Corrêa, às 16h30, na Arena Barueri, em Barueri. Os jogos são válidos pela 29ª rodada.

por Agência Futebol Interior

Posts Relacionados

Corrida e Caminhada Graacc 2018 – Barueri

Alessandro Belcorso

Em casa, Osasco vence São Caetano e alcança segunda vitória seguida

Leonardo Rodrigo

Cidade promove a 1ª edição do Festival de Atletismo Inclusivo

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO