14.8 C
Osasco
23 de junho de 2021
Cidades Eleições 2018

Atelier Jurídico cobra candidatos à Presidência e seus vices quanto às Políticas Internacionais

Bem como todos os cidadãos, o Prof. Dr. Luiz Olavo Baptista, fundador do Atelier Jurídico, vota em programas e ideias. Por isso, o Observatório do Comércio e Relações Internacionais, um programa do Atelier, enviou a todos os candidatos à Presidência e Vice-Presidência da República cinco perguntas sobre nossa Política Externa.

O objetivo é saber, por exemplo, se o candidato possui algum um projeto em relação à Política Internacional brasileira, se acredita na possibilidade de sair o acordo UE-Mercosul, qual a importância que atribui à expansão do mercado externo para o crescimento do PIB, se é favorável a medidas protecionistas no comércio exterior, e se crê que a participação do Brasil na Zona de Livre Comércio do Mercosul facilita a realização de acordos internacionais para expandir nosso mercado externo.

Os resultados da pesquisa serão divulgados a público, bem como a ausência de uma resposta será entendida como recusa em informar aos eleitores.

 

A iniciativa acontece após o Dr. Luiz Olavo Baptista, que possui mais de 50 anos de experiência na prática da arbitragem, sendo considerado um dos árbitros mais requisitados nacional e internacionalmente, notar que pouco – ou nenhum candidato menciona essas questões em seus programas de governo ou entrevistas e sabatinas. O prazo dado a cada candidato se encerra na próxima sexta-feira, dia 21 de setembro.

Sobre O Atelier Jurídico
Fundado em 2015 e liderado pelo Dr. Luiz Olavo Baptista, que possui mais de 50 anos de experiência na prática da arbitragem no Brasil, e pela Dra. Adriane Nakagawa Baptista, Bacharel em Direito pela Universidade de São Paulo e LLM em Direito Comercial Internacional e Europeu pela Universidade de Leiden, o Atelier Jurídico é um espaço colaborativo que nasceu com a proposta inovadora de unir a prática do Direito ao seu desenvolvimento acadêmico. Por meio do ensino, pesquisa e difusão de temas inseridos nas matérias de Arbitragem e Direito do Comércio Internacional e Privado, tem o propósito de promover o estudo destas matérias em uma perspectiva interdisciplinar e crítica, contribuindo para o processo de educação não só de seus frequentadores, mas também daqueles que, mesmo à distância, tenham o desejo do aprendizado e desenvolvimento de suas capacidades.

fonte: Porta Voz

Posts Relacionados

Com queda de energia e goteiras no ginásio, jogo entre Hinode Barueri e Osasco Audax é adiado

Redação

Supla apresenta turnê de 30 anos de carreira no Pátio Osasco Open Mall

Redação

Fundo Social de Solidariedade inicia preparação do Projeto Natal Espetacular em Araçariguama

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO

https://api.clevernt.com/cde5a1b4-43aa-11eb-9861-cabfa2a5a2de/