18.4 C
Osasco
15 de maio de 2021
Variedades

Amor Impróprio

Todos me querem,

Neste amor impróprio.

Menos eu, navegante dos mares,

Impróprios!

Sou incompatível comigo,

Imprópria.

E me nego na sexta-feira,

Não desejo admirar a minha carne,

Podre!

Morrer é insuficiente para mim,

Eu prefiro persistir de forma,

Própria.

Quando meus amigos me chamam,

Eu me pergunto: por quê?

O porquê não me questiona.

E sim a dor da existência fatal,

Como um punhal repleto de flores,

E um enterro onde ninguém chora.

Pudera, pseudocrítica,

A senhora das águas de lã,

Maciez oculta, mente sã?

Eu me persigo de forma,

Imprópria.

Posts Relacionados

Supla apresenta turnê de 30 anos de carreira no Pátio Osasco Open Mall

Redação

O crescimento dos bancos digitais na pandemia

Claudia Lundgren

Festival Musical com tributo à Elis Regina agita Pátio Osasco Open Mall

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO

https://api.clevernt.com/cde5a1b4-43aa-11eb-9861-cabfa2a5a2de/