19.2 C
Osasco
28 de novembro de 2020
Brasil Cidades Eleições 2018

Alckmin não vê Bolsonaro no 2º turno: ‘Parte dos votos dele é anti-PT’

“Uma parte dos votos do Bolsonaro é anti-PT”, disse Alckmin
 

O candidato pelo PSDB ao Palácio do Planalto, Geraldo Alckmin, afirmou nesta quarta-feira (19) que não considera que o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) esteja no segundo turno, ao contrário do PT, com quem espera disputar esta etapa da eleição. “Uma parte dos votos do Bolsonaro é anti-PT”, disse em evento da revista VEJA. Segundo ele, a candidatura do ex-capitão não é “viável”.

O ex-governador tem apostado na estratégia de dizer que Bolsonaro é o “passaporte para o PT voltar ao poder”. “Tudo o que o PT quer é disputar o segundo turno com Bolsonaro”, afirmou.

O tucano tentou, ainda associar a imagem de Bolsonaro ao Partido dos Trabalhadores. “Alguém que passou 28 anos na Câmara dos Deputados, votando sempre corporativismo, votando com o PT… É o mesmo DNA”.

Em relação a Fernando Haddad, o tucano o classificou como a “escuridão”: “O PT nós já conhecemos. A responsável por 13 milhões de desempregados é a Dilma”.

Alckmin também fez um aceno ao eleitorado feminino. Se referindo ao vice de Bolsonaro, general Hamilton Mourão, Alckmin afirmou: “Um camarada que diz que a família que não é criada pelo pai e pelo avô é um desajustado, é cooptado pelo tráfico, não merece nem comentário. Essas mulheres são heroínas que criam filhos sozinhas”. Mourão causou polêmica com a fala no último dia 15.

 

Em outro momento, quando falava da agenda de campanha que cumpriu ontem no Brás, Alckmin disse que “as mulheres são melhores do que nós, homens”.

 

*Com informações da repórter Nicole Fusco

fonte: Eliane Neves/Fotoarena/Estadão

Posts Relacionados

Ribamar Silva comemora aprovação da reforma da Previdência

Joyce Araújo

Trânsito mata mais do que crimes violentos em dez estados

Redação

Unifieo entra na promoção Black Friday

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO