27.7 C
Osasco
27 de outubro de 2020
Cotia Política

Advogado lança manifesto pelo voto consciente em Cotia

Em artigo, Michel da Silva Alves reflete sobre as eleições e alerta para o perigo de escolher qualquer candidato. “Não venda o seu voto, não se escravize com político corrupto, ouçam as propostas, acessem a história dos seus candidatos, não reelejam corruptos e expulsem canalhas de toda ordem”
O advogado Michel da Silva. Foto: Divulgação

O advogado que representa os servidores públicos de Cotia, Dr Michel da Silva Alves, lançou um manifesto em que clama pelo voto consciente na cidade. No dia 15 de novembro, os eleitores escolherão quem irá governar o município pelos próximos quatro anos. Prefeito, vice-prefeito e mais 15 vereadores tomarão as decisões para Cotia.

Leia abaixo o artigo na íntegra

Por Michel da Silva Alves*

Os munícipes comparecerão às urnas em 15 de novembro de 2020 para escolher um novo prefeito e seu vice e mais 15 vereadores que, juntos, possuem diversas tarefas frente aos problemas da cidade de Cotia e custarão aos cofres públicos soma superior a R$ 200 mil por mês, sem contar assessores e verbas de apoio, totalizando seguramente mais de R$ 20 milhões pelos próximos quatro anos.

É imprescindível que o cotiano seja responsável e vote de forma consciente e não escolha qualquer um, pois, o nosso destino está nas mãos destes 17 homens/mulheres, cada qual na sua função tendo à disposição nos próximos quatro anos o bilionário orçamento cotiano que pode alcançar a somatória de R$ 4,5 bilhões, soma equivalente há algumas capitais brasileiras que ofertam melhores condições de vida. 

O Brasil vive um momento historicamente difícil com excessos nos campos ideológicos, desigualdade acentuada, corrupção endêmica, pandemia e amplo descrédito na política. Mas precisamos agir com responsabilidade e se, até na hora de comprarmos frutas e legumes em feira livre sob os gritos dos agitados feirantes escolhemos com algum critério para termos boa comida à mesa, não podemos negligenciar o futuro da nossa cidade e escolhermos qualquer um. E cotiano, acredite, há gente boa que merece o seu voto e, infelizmente, há muita gente oportunista, mal instruída e, por vezes, financiada pelo oculto que pretende alcançar ou manter-se no poder e no luxo e que pouco se importa com você que embarca em ônibus lotado, que sofre com a falta de médicos ou que tropeça nas nossas ruas e calçadas esburacadas e sem qualquer acessibilidade.  

A Granja Viana está na iminência de conviver com uma nova comunidade que surge dentro do Parque das Nascentes (ao lado do bairro Jd do Engenho) o que pode comprometer a qualidade de vida de toda a cidade, em especial, do citado Distrito. Pouco se fala, inclusive, da importância da política habitacional para abrigar os mais humildes, da instauração do cinturão verde e do debate sério sobre a travada Rodovia Raposo Tavares que espana diariamente na região.

Em Caucaia do Alto, o adensamento populacional é impressionante com explosão de condomínios e loteamentos irregulares em uma região marcada por falta de empregos, falta de hospital, ausência de investimentos em educação (não há faculdade, curso técnico, curso agrícola) e saneamento básico e comum em partes do Distrito para o cidadão manter um poço e uma força séptica no mesmo terreno. 

Na região central de Cotia, e que segue nas divisas, falta identidade e os poucos investimentos físicos não entregam bons resultados ante a falta de gente capacitada para gerir e no que atine a acessibilidade. A nossa cidade atua de forma vergonhosa e, um cadeirante que se coloca em marcha, a partir da Praça da Matriz, não chegará sozinho e sem arranhões e tombos até a Praça Joaquim Nunes, tendo que conviver ao longo do caminho com cheiro fétido de urina.

Por aqui há esgoto a céu aberto e saneamento é um grave problema da cidade, que é cada dia mais desigual e, infelizmente, pouco se preocupa sobre a geração de empregos e oportunidades.

O funcionalismo público foi vilipendiado em vários direitos nos últimos anos e vive o caos da ausência de plano de carreira. Professores e guardas que possuem plano de carreira clamam por sua observância. Profissionais de vários setores sofrem com a insalubridade e com a ausência de qualificação e condições adequadas e seguras de trabalho.

Os desafios são grandes e Cotia, em 15/11/2020, elegerá um time com um prefeito e vice para administrar um orçamento bilionário, comprometido com empréstimos vultosos, folha de pagamento que dever se mantida, terceirização de vários serviços e múltiplos desafios que vão demandar no geral a melhoria da gestão e o enxugamento da máquina, lembrando que por aqui ainda circula papel entre secretarias e setores em pleno momento de expansão digital.

Aos vereadores, mais do que legislar, é salutar fiscalizar, indicar soluções e representar os anseios da comunidade, frisando que o vereador não asfalta uma rua e/ou constrói escolas, mas pode – e deve – ajudar na ampliação e melhoria do serviço público.

Voto consciente

Todo cuidado é pouco na hora de votar. Por isso, o seu voto deve ser consciente. Muitos pensam que a coisa pública não é de ninguém e pode ser tratada como as pessoas bem entendem. Isso não é verdade e trata-se de um grave erro, lembrando que quem não se interessa por política termina sendo governado por quem gosta, portanto, não seja “cretino” e participe!  

Cotia é de todos e sua também.

Não seja canalha, não venda o seu voto, não se escravize com político corrupto, ouçam as propostas, acessem a história dos seus candidatos, não reelejam corruptos e expulsem canalhas de toda ordem. A hora é agora e a decisão está nas suas mãos, e se você não escolhe para pintar a sua casa qualquer pintor, para cuidar dos seus filhos qualquer babá, para alinhar o seu carro qualquer mecânico e na feira não escolhe qualquer fruta para comer e servir aos seus filhos, seja responsável e vote com consciência e escolha o melhor para Cotia.

*Michel da Silva Alves é advogado e especialista em funcionalismo público

fonte: O Repórter Regional 

Posts Relacionados

Prefeito Rogério Franco anuncia pacote com mais de 200 ações e projetos para cidade

Joseane Martins

Com reforma da previdência aprovada em Osasco, teto dos servidores será o mesmo do INSS, hoje em R$ 5,8 mil

Redação

Implantação do novo Complexo Esportivo Atalaia está 50% concluído

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO