25.3 C
Osasco
6 de julho de 2020
Araçariguama

Caso Aymar: Vídeos e Laudo Pericial comprovam que não houve investigação e crime de recebimento de propina

A defesa de Carlos Aymar acusado de concussão ou seja de ter pedido propina em troca de liberação de um alvará para implantação de um suposto loteamento , juntou ao processo os vídeos e laudo pericial , onde os investigadores e delegado do caso afirmam que não houve nenhuma investigação e que a prisão se deu apenas se levando em conta a denúncia leviana formulada pela suposta Vítima.

A defesa também juntou aos autos a oitiva da denunciante , onde a mesma confessa literalmente que ao contrário do que inicialmente disse ” NÃO entregou documentos para nenhum loteamento na Prefeitura e portanto NÃO haveria como se expedir Alvará nenhum ”

É preciso entender que a base da denúncia foi a acusação de que Carlos Aymar e Israel teriam pedido propina para liberar um alvará , porém conforme a própria denunciante relata em seu depoimento ” Não entregou nada , nenhum pedido na Prefeitura ” Sendo assim não teria como se emitir alvará …

A defesa demonstra que a denúncia foi leviana , mentirosa e a polícia foi e poder Judiciário foram induzidos a erro …

Ficaria então a pergunta … e o tal dinheiro encontrado , os 14 mil ?

Resta demonstrado nos autos que primeiramente ao contrario do inicialmente dito , o dinheiro não estava em poder de Carlos Aymar e sim dentro de um armário na sala e conforme laudo pericial emitido pelo Eminente Perito Ricardo Milina , a denunciante abre o ziper da bolsa , retira a sacola plástica , arrasta a cadeira , avisa a policia e coloca o dinheiro dentro do armário…ou seja o dinheiro em tese foi plantado , sendo que também conforme laudo pericial , Carlos Aymar só entra na sala onde estava a suposta vítima cerca de 15 minutos após a mesma colocar o dinheiro no Armário.

A gravação de mais de uma Hora mostra também que durante todo o tempo o Ex Prefeito Carlos Aymar não ficou nenhum minuto sozimho com a denunciante , o que prova não ter recebido nada e que no teor da conversa não existe nenhum pedido de vantagem ou propina ou entrega de nada !!!

Registre-se que a semana passada a Justiça arquivou a pedido do Ministério Público o inquérito contra a Prefeita Lili Aymar, que apurava a subtração e destruição de Documentos na Prefeitura , fato que foi apontado como justificativa para o afastamento da Prefeita do seu Cargo …

Ouvidos a respeito os advogados Drs Marcelo Delmanto e Jorge Delmanto esperam que a Justiça seja feita , com a absolvição de Carlos Aymar e a recondução de Lili ao cargo ao qual foi democraticamente eleita .

Veja os vídeos dos policiais, do delegado e da denunciante, onde TODOS afirmam que não haviam investigações;

Posts Relacionados

Vestibulinho: ETEC abre inscrição para curso Técnico em Administração gratuito

Joseane Martins

Moradores ficam ilhados após inundação de rio em Araçariguama

Redação

Prefeitura anuncia construção da nova escola Jorge Amado no Jardim Brasil

Joseane Martins

DEIXE UM COMENTÁRIO