17.8 C
Osasco
25 de maio de 2020
Araçariguama

Vereadores de Araçariguama irão seguir a ALESP e reduzir em 30% seus salários?

Alesp deve cortar 30% do salários de deputados e destinar ao combate à Covid-19. Já os assessores comissionados terão corte de 20% do salário e dos benefícios . Seguindo a ideia da ALESP será que os vereadores aceitariam esta proposta?

Foi apresentado nesta quarta-feira, (22), pela mesa diretora da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo um Projeto de Resolução para reduzir as despesas do órgão para o ano de 2020. Com a adoção das medidas, a expectativa é economizar cerca de 320 milhões de reais que devem ser usados no combate à Covid-19. O anúncio foi feito pelo presidente da Alesp, o deputado Cauê Macris (PSDB).

Entre as propostas do projeto de resolução estão: a redução de 30% no subsidio dos deputados e 20% na remuneração dos servidores comissionados. A proposta determina ainda o corte de 30% na verba de gabinete e a revisão de todos os contratos da Assembleia, cuja redução pode chegar até 40%. Com isso, todos os recursos economizados serão repassados mensalmente aos cofres do governo para que sejam aplicados em ações de enfrentamento à pandemia.

A proposta da Mesa Diretora também estabelece a suspensão do pagamento em dinheiro das licenças prêmio e a devolução antecipada de 7% do orçamento do Legislativo para 2020, além da doação de 70% do fundo especial de despesa da Assembleia.

Saiba quais são as medidas anunciadas pela Alesp:

– Redução em 30% do salário dos deputados estaduais

– Redução em 30% das verbas de gabinete dos parlamentares

– Redução de 20% do salário e benefícios dos cargos comissionados

– Suspensão do pagamento da licença prêmio em dinheiro enquanto dure a calamidade

– Doação de 70% do fundo especial de despesas do Legislativo para o combate à pandemia

– Revisão e enxugamento de contratos do Legislativo, que chegam a até 40% dos contratos

Âmbito Municipal – Araçariguama

Em uma pesquisa realizada com a população da cidade, onde a Câmara de Araçariguama atualmente conta com 11 vereadores, as sugestões para economia foram diversas.
Pontuamos alguma, onde surtiria uma a economia de aproximadamente de 350 mil por mês, com isso, passariam a não precisar dos mais de 7 milhões que recebem por ano, o que ajudaria, e muito, com o combate ao corona vírus.
  1. Redução de 30 % nos salários dos Vereadores;
  2. Redução de 30% nas verbas de custeio dos gabinetes;
  3. Redução de 30 % nos salários dos comissionados;
  4. Suspensão das licenças prêmio em dinheiro;
  5. Devolução dos duodécimo ( 7% ) antecipada aos cofres do município para atendimento ao combate do Covid 19 , no caso de ARAÇARIGUAMA cerca de R$ 600,00 por mês, mais de 7 milhões por ano;
  6. Revisão e corte gradual de todos os contratos;
  7. Sessões virtuais e não presenciais.

Será que a Câmara de Araçariguama seguiria o exemplo da Assembléia legislativa de São Paulo e cortaria seus gastos?

Posts Relacionados

Prefeitura celebra Semana do Idoso com almoço para o Grupo da Melhor Idade  

Alessandro Belcorso

Parque da Mina do Ouro recebe melhorias diárias

Redação

Estão abertas as inscrições para a tradicional Corrida da Emancipação em comemoração aos 27 anos

Joseane Martins

DEIXE UM COMENTÁRIO