17.8 C
Osasco
25 de maio de 2020
Osasco

Elsa Oliveira deixa secretaria em busca de uma cadeira no legislativo – “Chegou a hora de novas experiências”

Na última sexta – feira(3), o prefeito Rogério Lins, em atendimento ao que dispõe a legislação eleitoral, fez publicar as portarias de exonerações no IOMO ( Imprensa Oficial do Município de Osasco ). Dentre os nomes, está a de Elsa Oliveira.

De ex-assessora para secretária municipal, a jornalista e gestora pública Elsa Oliveira estará nas disputas por uma vaga no legislativo. “Novos desafios são necessários, já tenho 11 anos de vida pública, 8 desses só na câmara municipal, chegou a hora de novas experiências”, comenta Elsa, explicando os motivos que a levam ao interesse por uma vaga no legislativo da cidade.

Elsa Oliveira (PODE), foi ex-chefe de gabinete do atual prefeito Rogério Lins quando ele ainda era vereador, já foi secretária de Assistência Social e por ultimo estava à frente da pasta de Emprego, Trabalho e Renda.

Na SETRE(Secretaria de Emprego, Trabalho e Renda) encabeçou ações de inclusão para pessoas com deficiência e suporte a população de imigrantes, através de aulas de português para imigrantes e encaminhamento dessa população ao mercado de trabalho.

Elsa também teve uma conquista importante a frente da Secretaria de Assistência Social de Osasco, ao participar diretamente da construção do “Serviço de Acolhimento Institucional Albino José da Silva”. Situado no Jardim Rochdale, a “casa de acolhimento” tem capacidade para atender 100 pessoas em situação de vulnerabilidade social com anexos feminino e masculino. Um dos diferenciais do serviço é o acolhimento de famílias, onde a criança ficará acolhida com a mãe na ala feminina, além de ter como outra no novidade é a brinquedoteca para diversão das crianças, e estacionamento para carrocinhas e local para pets. “Fiz questão, como secretária da pasta, de participar de tudo, desde a elaboração do projeto, como os detalhes de acabamento. Essas pessoas – que estão em situação vulnerável – merece todo o nosso carinho e foi pensando neles que conseguimos este lindo espaço”, finalizou Elsa.

Além de Elsa, também deixaram as suas pastas;  Délbio Teruel(Administração), Paulo Contim(Turismo e Desenvolvimento Econômico), Carmônio Bastos(Esporte, Recreação e Lazera) e Luiz Carlos Soares de Oliveira(Ouvidor Geral).

 

 

Posts Relacionados

Prefeitura promove Cursos Gratuitos de Qualificação Profissional.

Redação

Vôlei Osasco-Audax derrota o Curitiba por 3 a 0 na primeira partida de 2019 pela Superliga

Alessandro Belcorso

Fundo Social de Osasco abre inscrições para o curso de Manicure

Alessandro Belcorso

2 comentário

Tânia Linhares 14 de maio de 2020 at 00:12

Alguns partidos políticos tem como slogan a união das mulheres, a falsa promessa que aquela representante entenderá o seu recado e lutará pelo certo e justo. Infelizmente na vida real não é bem assim, muitas ainda acreditam no que o homem diz descredibilizando o que foi dito, Em algum momento o correto irá surgir e será perdido o que levamos uma vida toda para construir, carreira, família, vida, Só vou acreditar na força da mulher dentro da política quando essa união não for palavra jogada ao vento.

Resposta
Tomas 14 de maio de 2020 at 18:50

vamos lembrar que Elsa Natal de Oliveira, que em Abril de 2017 teve seus bens bloqueados e é ré na Operação Caça-Fantasma do Ministério Público de São Paulo, junto com o atual prefeito de Osasco, Rogério Lins, por envolvimento com organização criminosa e estelionato, acusada de desviar R$348.699,80. Essa é a força das mulheres, vamos com tudo e mostrar todo o seu poder com as mulheres. Preparando para a sua campanha, nada ficará no esquecimento, nem mesmo nenhuma mensagem enviada . Todos Juntos

Resposta

DEIXE UM COMENTÁRIO