14 C
Osasco
22 de setembro de 2020
Osasco

Osasco paga bônus salarial aos servidores que atuam no combate ao COVID-19

 

Câmara Municipal votará pagamento do abono em Sessão Extraordinária na próxima semana

O prefeito de Osasco, Rogério Lins (PODE), enviou à Câmara Municipal de Osasco, nesta sexta-feira (03), um Projeto de Lei que autoriza, o pagamento de abono salarial, no valor de um salário mínimo nacional, aos servidores e funcionários públicos da Secretária de Saúde e de outros quadros, que prestam serviços essenciais na linha de frente no combate à pandemia do novo coronavírus, o COVID-19.
O projeto deve ser votado na próxima semana em Sessão Extraordinária. O anúncio foi feito durante uma live na noite de ontem e, em seguida, o projeto foi entregue ao presidente da Casa Legislativa de Osasco, vereador Ribamar Silva (PSD). Lins tem feito todas as noites lives nas redes sociais, para atualizar a população sobre as medidas que a prefeitura vem tomando no combate ao vírus.

Abono

Terão direito ao abono os servidores e funcionários públicos do município de Osasco, que estejam efetivamente prestando serviços potencialmente expostos a COVID-19, em especial aqueles lotados nas Unidades Básicas de Saúde, Unidades de Pronto Atendimento, Hospital Municipal, Policlínicas, e outros equipamentos relacionados, ou que desempenhem atividades externas. O abono salarial será pago por meio de folha de pagamento complementar.
Também terão direito ao benefício os servidores que tenham que se afastar de suas funções por contágio do COVID-19 no exercício de suas atribuições.

Valorização

O presidente da Câmara de Osasco, Ribamar Silva, afirmou que o projeto tem como objetivo a valorização destes servidores na guerra contra o novo coronavírus na cidade. “Os servidores que estão atuando no combate a esta pandemia, em especial aqueles da área da Saúde, são verdadeiros heróis e merecem nosso reconhecimento e valorização. O momento atual pede união de todos para vencer essa difícil batalha e esses profissionais são essenciais nessa luta”, destacou o vereador.
As despesas para o pagamento do benefício virão de dotações orçamentárias constantes no orçamento vigente e suplementadas, se necessário.

Posts Relacionados

SESC Osasco tem uma programação especial, de outros carnavais

Alessandro Belcorso

Câmara de Municipal atualiza Galeria dos Presidentes

Redação

Denúncia na Saúde em Osasco vai parar na Justiça

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO