16.5 C
Osasco
25 de maio de 2020
Osasco

Prefeito decreta fechamento do comércio a partir deste hoje(21)

Foto: Divulgação / Marcelo Deck

 

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, editou nesta sexta-feira, 20/03, decreto determinando o fechamento do comércio na cidade a partir deste sábado, 21/03, com funcionamento apenas de serviços essenciais, como mercados, feiras livres, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, quitandas  e centros de abastecimento de alimento, lojas de conveniência, lojas de alimentação para animais, distribuição de gás, lojas de venda de água mineral e padarias, restaurantes e lanchonetes, postos de combustível e oficinas mecânicas, excetuadas as revendedoras de automóveis. A medida é válida até 5 de abril, podendo ser prorrogada.

O decreto traz ainda a recomendação para que esses estabelecimentos intensifiquem as ações de limpeza, disponibilizem álcool em gel para clientes, divulguem informações acerca da Covid-19 e medidas de prevenção. No caso das lanchonetes e restaurantes, a determinação é de que mantenham distanciamento de 2 metros entre as mesas.

Também fica suspenso pelo mesmo período o funcionamento de casas noturnas, estabelecimentos dedicados à realização de festas, eventos e recepções. Também haverá a suspensão do termo de permissão de uso concedido aos profissionais autônomos localizados em áreas de grande concentração e ambulantes.

Haverá ainda a intensificação na retirada de todo comércio ambulante ilegal, com apoio da Guarda Civil Municipal. Carros de som já circularam pelos pontos comerciais avisando sobre as medidas e alertando a população para ficar em casa.

De acordo com o prefeito Rogério Lins, a medida se fez necessária porque muitos comércios não respeitaram as recomendações para suspenderem as atividades. “Hoje fui ao centro comercial, andei pelo calçadão e vi muito comércio aberto, com muitas pessoas nas lojas e gente nos bares batendo papo. Como não seguiram as recomendações, tivemos de adotar medidas mais duras”.

O Shopping União (Avenida dos Autonomistas) também fechará as lojas a partir deste sábado 21/03. Só poderão funcionar no interior do estabelecimento as farmácias, laboratórios e o supermercado. “Precisamos proteger os funcionários, os colaboradores”, destacou Lins. Os shoppings Osasco Plaza e Super Shopping não abriram as portas já na sexta (20/03).

Por determinação do governo do Estado, todos os shoppings da Região Metropolitana de São Paulo deverão fechar as lojas a partir do dia 23.

Rogério Lins reforçou o pedido para que as pessoas fiquem em casa e só saiam para fazer o que for extremamente necessário. “Alguns acham que estão de férias (quem foi dispensado pela empresa e está de home office), agindo com naturalidade como se nada estivesse acontecendo, apesar das instruções”.

 

Ações

Na quinta-feira, 19/03, a Prefeitura já havia ampliado medidas de combate ao coronavírus. Ficou definido que, a partir do dia 27/3, o Pronto-Socorro Osmar Mesquita (Helena Maria, na zona Norte), e as Unidades Básicas de Saúde da Vila dos Remédios (Rua Santo Ubaldo, 100); Jardim Aliança (Avenida Bandeirantes, 550); Portal D’Oeste (Avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira, 100); Quitaúna (Rua Marechal Edgar de Oliveira, 800); Vila da Justiça (Avenida Clóvis Assaf, 460); e Novo Osasco (Rua Theófilo Munhoz Vaqueiro, 60) atenderão os casos suspeitos.

O Centro de Atenção ao Idoso (Presidente Altino) vai atender apenas idosos, a partir dos 60 anos, com suspeita da Covid-19. Já o Centro de Convivência Edmundo Campanhã Burjato (Jardim Cirino) atenderá apenas crianças e adolescentes (até 19 anos) especiais com suspeitas de coronavírus.

O pronto-socorro contará com respiradores, exames laboratoriais e leitos destinados à internação. Nas UBSs também haverá coleta para exames laboratoriais.

As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da Vila Menck, Jardim Conceição e Centro foram os primeiros locais definidos no início do mês para atender os casos suspeitos da doença. O Hospital Antônio Giglio oferece a retaguarda necessária às UPAs.

 

Educação

As aulas na rede municipal estarão suspensas a partir de segunda-feira, 23/03. No entanto, 190 famílias de crianças em vulnerabilidade social receberão cestas básicas enquanto durar a suspensão das aulas.

A Prefeitura já determinou o afastamento de funcionários acima de 60 anos e aqueles que eventualmente tenham doenças crônicas.

Abusos no comércio

Segundo Rogério Lins, uma farmácia foi autuada após denúncia confirmada por fiscais do Procon por vender o litro do álcool em gel por R$ 70, bem acima dos preços praticados antes da pandemia.

Transportes

Ao contrário do que ocorreu em sete cidades do ABC Paulista, Rogério Lins descartou neste momento a suspensão do transporte municipal em Osasco. “Por enquanto não suspenderemos, porque na cidade nem todos têm carro e podem precisar do transporte para, por exemplo, buscar atendimento médico”.

Cuidados

A melhor forma de prevenção e combate à propagação do vírus é a higienização constante das mãos com água e sabão, álcool em gel 70%, e evitar a proximidade com outras pessoas. Evite beijos, abraços e apertos de mão ao cumprimentar alguém. Ao tossir, cubra a boca com o antebraço ou lenço de papel descartável. O lenço deve ser imediatamente  descartado.

Posts Relacionados

Vereadores aprovam funeral gratuito para doadores de órgãos

Redação

Osasco registra superávit fiscal no exercício de 2019

Redação

Coronavírus: Moradores de condomínio se mobilizam para ajudar idosos

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO