14 C
Osasco
22 de setembro de 2020
Osasco

Coronavírus: Moradores de condomínio se mobilizam para ajudar idosos

Moradores de um condomínio de prédios se disponibilizam para ajudar quem está no grupo de risco da Covid-19. Fazer compras em mercados, padarias e farmácias,  ou até mesmo um simples ato de ir jogar o lixo fazem parte da ajuda dos voluntários.

A pandemia de coronavírus trouxe à tona a necessidade de empatia. Com fácil contágio, a Covid-19 exigiu que o ser humano tivesse mais cuidado consigo, mas também com o outro.E a prioridade de atenção tem sido os de idade mais avançada, pessoas que estão no grupo de risco da contaminação.

Em um condomínio residencial,  do centro de Osasco,  a solidariedade uniu moradores para darem assistência a quem pertence ao grupo de risco.Um grupo de moradores voluntários foi formado para oferecer ajuda aos vizinhos e facilitar a vida de cada um.

Com um comunicado, através do “Canal do Condomínio” e também exposto no grupo do whats-App, vários moradores se sensibilizaram e aderiram ao “Grupo Solidário” para oferecer ajuda a quem mais precisa.

Grupo do whats App criado para oferecer ajuda solidária

Veja o que diz o comunicado;

Se você está em quarentena por suspeita de contágio ou está na faixa de risco por favor entre em contato com a administração do condomínio para que possamos tomar as devidas providências. Esse grupo está disponível para o suporte a questões cotidianas tais quais, fazer compras de alimentos ou medicamentos, remover o lixo e outras ações que proporcionem o devido isolamento e a consequente prevenção do contágio do covid-19.

Além da ajuda em grupo, alguns profissionais estão oferecendo seus serviços gratuitamente visando dar maior atenção e conforto, principalmente os idosos.

É o caso da psicóloga July, que reside no condomínio há um ano e meio. “Eu acho super importante este tipo de ação, ainda mais nesse momento de grande vulnerabilidade. Como psicóloga, posso disponibilizar alguns horários para escutar as pessoas que estejam em sofrimento mental e com dificuldades de passar por essa situação. Posso oferecer gratuitamente a primeira conversa”, comentou a psicóloga clínica, doutora em Ciências pela UNIFESP – July Silveira Gomes.

Vale ressaltar que o condomínio, até o momento, não teve nenhuma confirmação para doença, embora possua três casos suspeitos que se encontram em restrita quarentena.

Coronavírus: infográfico mostra principais formas de transmissão e sintomas da doença — Foto: Infografia/G1

Esta não é a primeira ação visando ajudar ao próximo que o condomínio realiza. No mês de fevereiro, os moradores realizaram um mutirão para arrecadação de donativos, que foram entregues para as vítimas das fortes chuvas que castigaram o município de Osasco.

Além da solidariedade, os moradores podem contar com eventos de socialização no decorrer do ano; CarnAbrolhos, Arraiá, Halloween e o Boteco – são festas que acontece em datas comemorativa, entre os moradores, para que eles possam se confraternizar.

Posts Relacionados

Parques Municipais terão de oferecer espaços pet em Osasco

Redação

Cultura entrega certificados do “Programa Nossa História”

Redação

Alunos da rede municipal de Osasco são destaque em reportagem da TV Gazeta

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO