19.9 C
Osasco
29 de março de 2020
Saúde

AMECOM realizará evento para a abordar a “Depressão”entre os profissionais da comunicação

Com o aumento dos casos de depressão entre profissionais da área de comunicação, que se repetem também na sociedade como um todo, nunca se fez um evento tão pertinente para abordar o tema e buscar auxiliar os que são acometidos pelo problema.
Imagem: Illustration Forest / Shutterstock.com

depressão é uma doença multifatorial. Junto a suas comorbidades, é considerada “o mal do século XXI”. A Organização Mundial de Saúde (OMS) localiza-a como uma das principais causas de “anos vividos com incapacidade” e “perda de anos em termos de morte prematura e perda de anos de vida produtiva”.

A depressão causa alterações em diversas esferas. Apresentar algumas delas não significa estar doente, assim como não é necessário possuir todas para receber o diagnóstico. Segue a lista desses sintomas:

  • Sintomas afetivos e de humor: tristeza predominantechoro frequenteapatia (indiferença afetiva)sentimento de vazioirritabilidade aumentada.
  • Alterações da volição e psicomotricidade: Desânimoanedonia (neutralização da experiência de prazer)lentificação psicomotoraestupor/catatonianegativismo (recusa à alimentação, à interação pessoal, etc) e alterações na fala como sua diminuição, lentidão, redução de volume e aumento na latência entre perguntas e respostas.
  • Alterações ideativas: ideação negativa, pessimismoarrependimento, tédio, culparuminações de mágoas, realismo depressivo (inferências sobre a vida realistas e pessimistas)ideias de morte, desejo de desaparecer ou ideação suicida.
  • Alterações da esfera instintiva e neurovegetativa: fadiga, cansaço fácil, insônia / hipersonia, diminuição/aumento do apetite, constipação, palidez, pele fria, diminuição de desejo e resposta sexual.
  • Alteração da autovaloração: autodepreciação autoestima diminuídasentimento de insuficiência/vergonha
  • Alterações cognitivas, déficit de atenção/concentração e de memória secundária, dificuldade de tomar decisõespseudodemência depressiva

Subtipos de síndromes e transtornos depressivos

A ordenação da depressão em vários subtipos é um desafio psicopatológico permanente (Kupfer et al., 2012; Singh; Gotlib, 2014). De acordo com o CID-11 e o DSM-5, a doença é apresentada nas seguintes formas:

  • Episódio de depressão e transtorno depressivo maior recorrente
  • Transtorno depressivo persistente e transtorno distímico
  • Depressão atípica
  • Depressão tipo melancólica ou endógena
  • Depressão psicótica
  • Estupor depressivo ou depressão catatônica
  • Depressão ansiosa ou com sintomas ansiosos proeminentes e transtorno misto de depressão e ansiedade
  • Depressão unipolar ou depressão bipolar.

Tratamento

A depressão pode ser tratada com psicoterapia, possivelmente associada a acompanhamento psiquiátrico, medicação e terapias complementares.

Além da rede particular, é possível buscar auxílio gratuitamente nos CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) e nas Unidades Básicas de Saúde (Saúde da família, Postos e Centros de Saúde).

Ademais, é possível discar 188 – CVV (Centro de Valorização da Vida) para conversar e obter emocional, sob sigilo, 24 horas por dia.

Como surgiu a ideia da Palestra


Mais recentemente, com trágicos casos envolvendo colegas de profissão da região, a Amecom recebeu a sugestão de um dos colegas jornalistas, para que promovesse um evento relacionado ao tema, que ainda se apresenta como tabu na sociedade e que pode levar até mesmo ao suicídio.

Surgiu então a idéia da realização de uma “roda de conversa” onde os participantes poderão ouvir, falar e desabafar, numa espécie de papo terapêutico, que pretende ajudar àqueles que podem estar precisando de ajuda em diferentes níveis.

A orientadora convidada para organizar o papo é a experiente psicóloga, Rita Amaral, que graciosamente aceitou ser parceira no evento.

Os interessados devem sinalizar interesse na participação inbox, para que haja um controle do número de presentes no dia.

 

Rita Amaral

Graduada em Psicologia pela Faculdade Uniban de Osasco e graduada em Recursos Humanos pela Faculdade Anhanguera de Osasco.
Atua na área clínica em consultório particular com foco em atendimento a Mulheres em situação de violência doméstica e relacionamento abusivo com o objetivo de proporcionar o fortalecimento emocional e auxiliar as mulheres a exercerem seus papéis sociais sem perder suas identidades.
Voluntária do Projeto Mapa do Acolhimento a mulheres e idealizadora do projeto Papo de Psico Osasco e Região que reuni periodicamente os psicólogos da região para discutir assuntos inerentes à área para aperfeiçoamento da prática clinica.

 

Serviço


RODA DE CONVERSA – DEPRESSÃO ENTRE PROFISSIONAIS DA COMUNICAÇÃO

O evento é aberto e gratuito, destinado à profissionais da comunicação.

Os trabalhos serão desenvolvidos pela Psicóloga Rita Amaral.

Sexta-feira, 13 de março – 18h
Local: Auditório do Diário da Região/Conectv
Rua Ester Rombens, 349, 3° andar, Centro, Osasco

Realização: AmeCom
Apoio: Cioeste

Fonte: Amecom / Renato Ferreira / Paula Farias Akkari

Posts Relacionados

Novo Centro Odontológico vai atender 5 mil pessoas por mês

Alessandro Belcorso

Prefeito anuncia obras de manutenção e reparos em oito unidades de saúde

Alessandro Belcorso

Erro médico deixa jovem em estado vegetativo

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO