23.9 C
Osasco
2 de abril de 2020
Esporte

O Inter chega no Chile, e está preocupado com a situação no país

O Colorado está atualmente em Santiago, para a sua estreia contra a Universidad de Chile na terça-feira

Em Porto Alegre, rio grande do sul, (3) uma delegação do Internacional, está agora em Santiago para sua estreia na segunda fase preliminar da Copa Libertadores, mas a preocupação sobre a situação no Chile ainda está muito longe para um jogo contra a Universidad de Chile, na terça-feira.

 

Até o final de semana, foi o conflito entre os fãs, os chilenos, e o carbineros”, policiais que compõem o programa de policiamento comunitário nas cidades e cidades no chile. Inter está no Chile para estreia da Libertadores, contra o Universidad de Chile (Foto: Divulgação/ Inter)O Inter é no Chile, na estreia na copa Libertadores contra a Universidad de Chile (Foto: Divulgação/ Outros.

Após a interrupção da partida entre Coquimbo Unido e o Audax Italiano, e os conflitos são gravados durante o jogo entre Universidad de Chile Curicó Unido no final de semana, o Campeonato do Chile, a Conmebol confirmou que os confrontos da última segunda-feira, mas uma hora antes ele era 19h15 às 18 horas (utc). O objetivo é garantir que os fãs de deixar o estádio Nacional de noite.

A TENSÃO de

O conflito se agravou com a morte de um fã de Jorge Luis Mora, de 22 anos, foi morto ao ser atingido por um caminhão, a polícia perto de estádio Monumental, onde a equipe do Colo-Colo, foi na Palestina 3: 0 na final, na terça-feira, pela primeira rodada do torneio, no Chile.

Apesar da actual situação política, com a Conmebol e o clube se manteve no jogo, e com a garantia do Ministério do Interior do Chile, que é responsável para a segurança do público. Como resultado, as vendas dos ingressos, que havia sido suspensa no sábado, retomou a ocorrer na noite de segunda-feira.

“Nossa principal preocupação é com a oposição. Voltamos para o nosso jogo, respeitando todo o cenário adverso que você tem, mas isso é uma questão extracampo que ele começou, infelizmente, com a morte de um torcedor do Colo-Colo. Esperamos que o futebol e não tem que pagar o preço. Estamos aqui para cumprir um compromisso a nível internacional. Esperamos que tudo ocorra normalmente”, disse o presidente do Internacional, Marcelo Disse em uma entrevista na chegada da delegação em um hotel em Santiago, chile.

Fonte:  Agência Estado

Posts Relacionados

Mirassol bate Audax-SP e abre 2ª fase da Copa Paulista com vitória fora de casa

Alessandro Belcorso

Circuito rápido de xadrez chegou com uma boa premiação

Alessandro Belcorso

Secretaria de Esportes de Embu intensifica divulgação para prática esportiva nas escolas

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO