19.7 C
Osasco
22 de fevereiro de 2020
Esporte

Osasco é superado pelo Sesi Bauru na Copa Brasil

Equipe de Jaque, Roberta, Bia, Bjelica, Casanova, Camila Brait e cia lutou até o final, mas perdeu por 3 sets a 1 na noite desta terça-feira (21), no ginásio José Liberatti. Foco volta para a Superliga
Jaque na largadinha
(João Pires/Fotojump)

 

O Osasco Audax/São Cristóvão Saúde foi superado pelo Sesi Bauru na noite desta terça-feira (21), no ginásio José Liberatti. O placar apontou 3 sets a 1 para o adversário, com parciais de 25/22, 25/18 e 23/25 e 25/22, em 1h51, resultado que valeu a classificação para a semifinal da Copa Brasil. O time de Jaque, Roberta, Bia, Bjelica, Casanova, Camila Brait e cia. volta à quadra na sexta-feira (24), contra o Pinheiros, em São Paulo, pela segunda rodada do segundo turno da Superliga.

Para a ponteira Jaque, a vitória não veio por mérito do adversário. “A equipe de Bauru jogou muito bem, sacou muito bem e, infelizmente, enfrentamos problemas em quadra. Agora temos que colocar a cabeça no lugar, esquecer a Copa Brasil e pensar na Superliga, que é nosso objetivo maior”. A central Mara concorda. “Tivemos dificuldade na virada de bola e isso custou caro no quarto set, quando estávamos na frente. Mas agora é focar só na Superliga” completou a jogadora, ressaltando a importância das atletas que tem entrado no decorrer da partida. “Isso mostra que temos um grupo, pois todas têm contribuído quando entram em quadra”.

O Jogo – O início da partida foi complicado para Osasco. Quando Bauru abriu quatro pontos (9/5), Luizomar pediu tempo. Com saques eficientes e o bloqueio funcionando, seu time reagiu e encostou. Com um ace de Jaque, a desvantagem caiu para um ponto (16/17). Com o jogo equilibrado e a torcida apoiando o tempo todo, as donas da casa chegaram ao empate. Casanova desceu o braço na saída de rede para fazer 19/19. O Audax seguiu assim, na cola do adversário até o final da parcial, porém, a vitória foi do Sesi, que fez 25/22.

Osasco voltou mais ligado para o segundo set, mas a partida continuou como terminou a primeira parcial: equilibrada. Ao contrário do início da partida, o saque de Bauru encaixou e complicou a recepção osasquense. Aos poucos, o adversário foi abrindo. Com 16/12 para o Sesi, Luizomar colocou Pri Heldes e Bjelica em quadra, na inversão. Com Roberta e Casanova de volta em quadra, o Audax/São Cristóvão Saúde seguiu na luta para encostar no placar. Mas não conseguiu e o adversário fechou em 25/18, para abrir 2 sets a 0.

Bauru abriu 6/3 no terceiro set e Osasco parou o jogo. Após pedido de tempo de Luizomar, sua equipe reagiu. Com bons saques de Roberta, empatou em 7/7. A virada veio com um ace de Casanova (11/10). Bjelica entrou para jogar na ponta, no lugar de Ellen. Na sequência, a sérvia acabou substituída por Fernanda Tomé. Quando Bauru fez 19/17, o treinador parou o jogo novamente. Deu resultado. Seu time reagiu, encostou e brigou pela vitória até o final. Jaque manteve o time vivo em quadra (22/23). Fernanda Tomé empatou no 23/23. A virada e a vitória vieram com dois erros do adversário (25/23).

O quarto set começou quente, com a torcida animada após um final eletrizante na terceira parcial. Em quadra, o jogo também pegava fogo. Bia, no bloqueio, garantiu o empate em 8/8. Casanova derrubou a bola e levantou os torcedores na arquibancada para abrir dois pontos para Osasco (13/11). Com dois bloqueios seguidos, primeiro com Bia e depois com Jaque, as donas da casa abriram três pontos (18/15). Novamente Jaque, desta vez no ataque, fez 20/16. Mas o jogo seguiu duro e Bauru chegou a igualdade no 22/22. Nos detalhes, o adversário virou e venceu por 25/22.

Vôlei Osasco-Audax jogou com Roberta, Casanova (24), Ellen (3), Jaque (13), Bia (11), Mara (8) e a líbero Camila Brait. Técnico: Luizomar de Moura. Entraram: Kika, Vanessa Janke, Bjelica (1), Pri Heldes, Fernanda Tomé (3).

Sesi Bauru entrou em quadra com Dani Lins (4), Polina (20), Valquíria (12), Sarah (6), Andressa (9), Gabi Cândido (4) e a líbero Tássia. Técnico: Anderson Rodrigues. Entraram: Mayhara (1), Tifanny (9), Naiane, Adenízia (1).

Osasco Vôlei TV – Uma hora antes do início da partida, a Osasco Vôlei TV exibiu uma programação exclusiva e ao vivo. Com apresentação de Guilherme Pallesi e comentários da ex-jogadora Andreia, o “Abre o Jogo” contou com a presença de Camila Brait, reportagem com a cubana Casanova e a sérvia Bjelica e um quadro com Mara respondendo perguntas dos fãs, além de muita interatividade nas mídias sociais.

Time da temporada 2019/20 – O Osasco Audax/São Cristóvão Saúde montou um time forte na temporada 2019/2020, com os patrocínios de Audax, Bradesco, iFood, São Cristóvão/Saúde, Reserva Raposo, EcoOsasco e Hummel, além do apoio da Prefeitura de Osasco. Entre os nomes consagrados estão Bia, Mara e Roberta, trio que auxiliou o Brasil a conquistar a vaga para a Olimpíada de Tóquio. Outro destaque é a líbero Camila Brait, que segue na equipe e, após grande desempenho na temporada passada, está de volta à seleção brasileira. Quem retornou ao time é a bicampeã olímpica Jaqueline.

A cubana Heidy Casanova e a sérvia Ana Bjelica são as estrangeiras contratadas para a temporada 2019/20. A atacante da Sérvia já é conhecida da torcida e volta para defender Osasco após jogar pelo clube na temporada 2016/17. A equipe conta ainda com nomes conhecidos do cenário nacional como Ellen Braga, Vanessa Janke, Pri Heldes e Fernanda Tomé, além de jovens atletas como Adriani Vilvert, Amanda Sehn, Karyna Malachias e Kika.

Posts Relacionados

Osasco Audax cala Barretos e Conquista o Acesso

Redação

Secretária de Esportes oferece aulas gratuitas a população

Alessandro Belcorso

 1º Seminário de Esporte, Lazer e Atividade Física

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO