21.6 C
Osasco
12 de julho de 2020
Osasco

Criação do Bilhete Único é aprovada na Câmara de Osasco com aumento do tempo para integração

Foi aprovado em primeira discussão na Câmara de Osasco na sessão desta terça-feira (26) o projeto de lei pela criação do Bilhete Único, que deve começar a funcionar no início de dezembro no transporte coletivo municipal. A proposta é de autoria do prefeito Rogério Lins.

Pelo projeto inicial, o Bilhete Único de Osasco permitirá que o seu titular, com o pagamento de apenas uma tarifa, se utilize de até duas viagens em até uma hora para a integração. Um emenda apresentada pelo vereador Ni da Pizzaria (PODE) e aprovada pelos parlamentares visa aumentar o tempo de integração para até uma hora e meia.

Ainda de acordo com o texto do projeto, não será permitida a utilização da segunda viagem na mesma linha ou ônibus em que foi realizada a primeira.

O projeto prevê ainda tempo maior para integração aos fins de semana e feriados, de 2 horas.

O Bilhete Único terá subsídio da administração municipal, que deve destinar cerca de R$ 10 milhões por ano para o sistema, pela previsão inicial (sem a possível ampliação do tempo para integração).

“O projeto de implantação do Bilhete Único é uma demanda antiga da população de nossa cidade, e a iniciativa da Prefeitura Municipal de Osasco correspondente ao estímulo e desenvolvimento do transporte coletivo”, diz o prefeito Rogério Lins na Justificativa do projeto.

O projeto precisa passar por segunda votação no plenário, antes de ser encaminhado à sanção do prefeito.

Não está prevista integração com trem e metrô, que depende de parceria com o governo do estado.

Posts Relacionados

Osasco – Francisco Rossi oficializa pré-candidatura a deputado estadual

Alessandro Belcorso

GCM prende 2 suspeitos por tráfico de drogas  

Alessandro Belcorso

Prefeitura registra queda dos índices de criminalidade

Joyce Araújo

DEIXE UM COMENTÁRIO