21.7 C
Osasco
8 de julho de 2020
Esporte

Vôlei Osasco-Audax estreia na Superliga 2019/20 com vitória convincente

Na noite desta terça-feira (12), no ginásio José Liberatti, o time comandado pelo técnico Luizomar derrotou o São Cristóvão Saúde/São Caetano por 3 sets a 0, parciais de 25/17, 25/19 e 25/17, em 1h07, em jogo válido pela primeira rodada da competição nacional.

Jaqueline ganhou o troféu VivaVôlei e confessou não se lembrar da última vez que que saiu de quadra como a melhor da partida. “É uma alegria enorme, mas o importante é a vitória da equipe. Quero agradecer muito ao Marcelo (Vitorino, preparador físico), ao Luizomar e toda a comissão técnica. Todos tiveram paciência e trabalharam muito para me ajudar a voltar a jogar após um ano e meio parada. Sei que tanto eu, como toda a equipe, temos potencial para evoluir e começar a Superliga com vitória só nos motiva a seguir com energia positiva”, afirmou a ponteira.

Jaque recebe o VivaVôlei do secrertário de Espores Carmônio Bastos (João Pires/Fotojump)

 

O técnico Luizomar também fez questão de valorizar a estreia com três pontos conquistados na tabela. “Tivemos uma estreia importante, dentro de casa, contra uma equipe que conhecemos bem, pois nos enfrentamos no Campeonato Paulista. A equipe foi disciplinada e atuou com regularidade durante toda a partida. É sempre muito bom começar com um resultado positivo”, afirmou o treinador. Casanova, maior pontuadora da partida, com 16 acertos, concordou. “Fizemos um bom jogo e conseguimos a vitória diante do nosso torcedor. Estou muito feliz”.

Vibração do técnico Luizomar (João Pires/Fotojump)

 

O Vôlei Osasco demorou para esquentar as turbinas. O jogo começou com equilíbrio no placar, que chegou a estar empatado em 15/15. Luizomar pediu tempo quando São Caetano passou à frente ( 15/16) e suas orientações surtiram efeito. O serviço passou a machucar a recepção adversária e o resultado foi 25/17, com bons saques e ataques potentes de Casanova e Jaque. Destaque também para boas defesas de Camila Brait.

Osasco abriu 5/2 no início do segundo set, mas São Caetano encostou. Jaque, explorando o bloqueio, fez 10/9. A ponteira montou o paredão no bloqueio simples para começar a construir a vantagem para as donas da casa (15/12). Mara e Bia apareceram pelo meio e fizeram 19/13. Como na parcial inicial, o Audax deslanchou. Chegou a abrir sete pontos (20/13). Casanova, da entrada de rede, fez o set point (24/18) e Mara fechou em 25/19.

Roberta seguiu distribuindo bem o jogo no terceiro set. Com variação ofensiva, o Audax dominou a partida. Bia, na largadinha, fez 9/6. Na sequência, em um bloqueio pelo meio, ampliou a vantagem para 4 pontos (10/6). Com um ace de Bjelica, Osasco abriu 8 pontos (17/9). Jaque precisou de dois ataques, mas venceu o bloqueio adversário no 20/14. Casanova fez 24/16 e Mara fechou o jogo em 25/17.

Escalações

Vôlei Osasco-Audax jogou com Roberta (2), Casanova (16), Bjelica (9), Jaque (14), Mara (9), Bia (9) e a líbero Camila Brait. Técnico: Luizomar de Moura. Entraram: Kika.

São Cristóvão Saúde/São Caetano entrou em quadra com Ana Cristina (1), Domingas (8), Natalia (8),Gabriela (3), Fernanda (2), Sonaly (11) e a líbero Paulina. Técnico: Fernando Gomes. Entraram: Letícia, Ana Flávia (1), Duda (1).

Fonte: Portal Mais Torcedor (www.portalmaistorcedor.net)

Posts Relacionados

Seleção brasileira de rugby faz partida contra Uruguai XV no Estádio José Liberatti, em Osasco

Joyce Araújo

Confraternização marca encerramento dos JATIO

Redação

Vôlei Osasco-Audax não passa pelo Minas Tênis Clube e se despede da Copa Brasil

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO