18.9 C
Osasco
6 de dezembro de 2019
Esporte

Vôlei Osasco-Audax estreia na Superliga em casa, na noite desta terça-feira (12)

Equipe comandada pelo técnico Luizomar recebe o São Cristóvão Saúde/São Caetano a partir das 20h, no ginásio José Liberatti, na primeira rodada da competição nacional

O Vôlei Osasco-Audax inicia sua jornada pelo título da Superliga nesta terça-feira (12). O time comandado pelo técnico Luizomar recebe o São Cristóvão Saúde/São Caetano a partir das 20h, no ginásio José Liberatti, em jogo válido pela primeira rodada da competição nacional. Como em todos os jogos em casa, a expectativa de Jaque, Casanova, Camila Brait, Bia e cia é contar com o apoio dos torcedores que costumam lotar as arquibancadas.

Central Bia

Para estrear com o pé direito na Superliga, Osasco aposta em disciplina tática e foco para ser eficiente na relação bloqueio/defesa e ‘matador’ nos contra-ataques. “Tudo começa com um bom saque. Nós seguimos em uma sequência forte de trabalho para entrosar a equipe e temos a certeza de que as peças se ajustam cada dia mais. Conseguimos formar um grupo equilibrado e unido em busca de um propósito, o de brigar pelo título da Superliga”, garante a central Bia, que completa. “Fazer a estreia na Superliga em casa é bastante positivo, porque temos o fator torcida totalmente a nosso favor.”

A maior novidade desta temporada da Superliga fica por conta dos playoffs. Os duelos de quartas de final, semifinais e finais serão todos disputados em série melhor de três partidas. As finais da competição feminina estão programadas para os dias 14, 18 e 26 de abril. Além do Vôlei Osasco-Audax, estão na disputa os seguintes times: Itambé Minas (MG), Dentil Praia Clube (MG), Sesi Vôlei Bauru (SP), Sesc-RJ, São Paulo/Barueri (SP), Fluminense (RJ), Curitiba Vôlei (PR), Pinheiros (SP) e São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP), além de Valinhos (SP) e Flamengo (RJ), que subiram da Superliga B 2019.

 

Jaque, Mara e Casanova no bloqueio

A Superliga 2019/20 estará disponível para os amantes da modalidade através da televisão e da internet. Os jogos serão televisionados pelos canais Sportv e TV Cultura, outra novidade nessa temporada, além do online, através do Canal Vôlei Brasil, da TV NSports, com a transmissão de 150 jogos – aliado a entrada do Pay-Per-View, e do Globoesporte.com. Osasco é o único clube a contar com um canal próprio de TV pela Internet. Na Osasco Vôlei TV (https://osascovoleitv.tvnsports.com.br/), os fãs da equipe encontram conteúdo exclusivo, com bastidores dos treinos e jogos, entrevistas com as atletas, além dos VTs de partidas anteriores.

Fonte: Portal Mais Torcedor (www.portalmaistorcedor.net)

 

Posts Relacionados

Sesi Vôlei Bauru bate o São Paulo FC/Barueri na abertura das semifinais do Paulista

Redação

Pinheiros vence e quebra invencibilidade do Osasco-Audax na Superliga

Jefferson Rolemberg Dias

Vôlei Osasco-Audax tem vitória tranquila sobre Balneário Camboriú

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO